Chef Daniel Rente no VILA VITA Parc

A 5 e 6 de Maio, o chef do Avenida SushiCafé será o primeiro convidado dos jantares a 4 mãos do VILA VITA Parc, no Mizu Teppanyaki, o restaurante japonês do hotel, em Porches, no Algarve. Ainda que num restaurante que não é o seu, quando o tema é comida japonesa, Daniel Rente sente-se sempre em casa!

O convite para participar nos Culin’Art Dinners surgiu na sequência de uma visita do director de F&B do VILA VITA Parc ao Avenida SushiCafé no início deste ano, onde pôde conhecer melhor o restaurante e o trabalho do chef, à frente da cozinha do Avenida desde a sua abertura, em 2011. “Na altura, demos-lhe a conhecer os nossos pratos típicos japoneses, que temos disponíveis ao almoço e que são mais inesperados num restaurante tão conhecido pelo sushi como o Avenida, e desde então temos estado em contacto”, conta o chef Daniel, contente com o desafio. “É um reconhecimento do trabalho de toda a equipa SushiCafé e isso é importante. O VILA VITA é um marco na hotelaria do nosso país, com óptimos restaurantes, é um espaço mágico, por isso receber este convite foi uma honra”.

No fim-de-semana de 5 e 6 Maio, o chef partilhará a cozinha com a chef do Mizu. “Felizmente, hoje em dia a cozinha oriental e japonesa vai tendo muitas caras novas, como é o caso da chef Isa Pires, cujo trabalho me tem surpreendido. Vai ser bom conhecê-lo mais de perto e ocupar a cozinha dela nestes dias”. A responsabilidade é grande, mas a possibilidade de mostrar o trabalho que o apaixona a novos públicos é o que realmente entusiasma o chef: “A ideia de cozinhar para um público que não é o meu habitual agrada-me, nessas ocasiões temos que estar muito convictos sobre o que servimos”.


Pub

A menos de um mês do evento, os cozinheiros estão focados nos preparativos, “tudo com muito tempo”. Do menu do Avenida, o chef levará alguns dos pratos mais icónicos até ao Algarve, como Himalayan salt rock sashimi (em que o chutoro é servido sobre uma pedra de sal rosa dos Himalaias a envolver o pickle de cebola roxa e o maracujá), o Mille-feuilles tuna tartar (em que o tártaro de atum casa com o mil folhas de pargamena com kimchi, mas quem prova é que é feliz para sempre), ou o Wagyu truffle (o tataki da vazia de wagyu com tempura de cogumelos shimeji, e com a trufa a tornar tudo ainda mais apetitoso).

Os Culin’Art Dinners serão iniciativas a 4 mãos que terão lugar em datas distintas em vários restaurantes do VILA VITA Parc como o restaurante Adega ou o Ocean. Desta vez, cabe à chef Isa Pires, à frente do Mizu Teppanyaki, partilhar a sua cozinha, e até o seu balcão de robata. Simplicidade, pureza e autenticidade são os ingredientes principais da receita destes jantares.

Aquando da presença do chef Daniel Rente no Mizo, o menu terá o valor de 60€, sem bebidas. As reservas podem ser feitas para o email fb@vilavitaparc.com.