Grupo Benetton celebra Dia Mundial da Terra com dois novos projetos

A 22 de abril, mais de um bilião de pessoas em 192 países celebram o Dia da Terra. Criado em 1970 para aumentar a conscientização da necessidade de conservar os recursos naturais do nosso planeta, hoje a tocha é carregada por milhares de escolas, organizações não-governamentais e instituições locais e globais, começando pelas Nações Unidas.

O Grupo Benetton também vai participar nas celebrações. O respeito pelo meio ambiente é, na verdade, uma filosofia que permeia a cultura da empresa há décadas. Fundada na década de 1960, quando o conceito de desenvolvimento sustentável estava no seu início, a empresa cresceu numa sociedade onde o respeito pelo meio ambiente se tornou um pilar para todos os negócios de sucesso.

Hoje, o compromisso do Grupo Benetton reflete-se numa série de projetos e iniciativas que visam reduzir a pegada ambiental da sua atividade, desde garantir a sustentabilidade dos materiais – hoje quase todas as fibras usadas no vestuário Benetton e Sisley são de origem natural – à gestão do impacto ambiental.

Por exemplo, a marca United Colors of Benetton é uma das líderes do Detoxrankings, criada pelo Greenpeace para reconhecer marcas que fizeram progressos significativos na redução da presença de substâncias químicas nocivas nos processos de produção. Além disso, a empresa reduziu as emissões de CO2 geradas pelo transporte rodoviário em mais de 25%, reduzindo em 20% o número de caminhões usados para transportar seus produtos em Itália e na Europa.

Entre as ações mais recentes da empresa, em 2017, o Grupo Benetton tornou-se membro da Better Cotton Initiative (BCI), o maior programa mundial dedicado à sustentabilidade do algodão. Desde que se tornou membro, uma percentagem crescente do algodão utilizado para fazer as coleções do grupo é cultivada e colhida por agricultores com formação para minimizar o uso de fertilizantes e pesticidas, usar a água e o solo de forma sustentável e aderir aos princípios de equidade nas relações laborais.

Em 2017, o Benetton Group também aderiu à Sustainable Apparel Coalition (SAC), a aliança para produção sustentável que inclui marcas e retalhistas, bem como produtores de vestuário, calçado e têxteis. Como resultado, a partir de 2018, a empresa passou a utilizar o Índice Higg, um conjunto de ferramentas para medir o impacto social e ambiental da produção, identificar e, posteriormente, eliminar ineficiências e práticas nocivas, garantir a transparência aos consumidores em relação aos resultados da sustentabilidade das empresas e em geral protegem o meio ambiente e o bem-estar dos trabalhadores e das comunidades locais.

As iniciativas do Grupo Benetton no campo da sustentabilidade ambiental não são isoladas, mas fazem parte de uma estratégia de economia circular a médio prazo, visando melhorar a sustentabilidade do processo produtivo, limitando gradualmente a quantidade de matérias-primas e energia utilizadas e reduzindo os resíduos e perdas.

Artigos relacionados