Bangladesh, China e Timor são os próximos convidados do Museu do Oriente

As tradições e os costumes do Bangladesh, da China e de Timor estão em destaque durante o mês de Maio, na programação especial que assinala o 10º aniversário do Museu do Oriente e o 30º da Fundação Oriente. Aos domingos, a entrada no museu e as actividades são gratuitas. A programação inclui ainda um street food festival, dedicado a sabores locais e asiáticos.

A 29 de Abril, celebramos com o país em destaque, o Bangladesh, a entrada no Ano Novo Bangali. Este será o fio condutor das actividades a realizar, que começam com a procissão Mangal Shovajatra ou procissão da felicidade, animada por máscaras e réplicas de animais e outros motivos auspiciosos. Outras tradições recriadas ao longo do dia incluem uma cerimónia de casamento, um desfile de trajes, uma conferência-demonstração de música e um espectáculo de dança, música e teatro. Para ver também e até 4 de Maio, uma exposição de pintura e têxteis tradicionais. Abertas à participação dos visitantes, haverá ainda uma degustação de gastronomia e uma oficina de máscaras para famílias.

A 5 e 6 de Maio, é a vez da China se dar a conhecer, com um programa onde se destaca o concerto pela Escola de Ópera de Shanghai, com duas apresentações. As actividades de domingo arrancam com uma exuberante dança do leão, que se repete ao final do dia. Inspirando relaxamento e bem-estar, terão lugar uma aula aberta de tai chi, um workshop de meditação zen, uma cerimónia de chá zen e música e uma palestra sobre o budismo. Desafiando públicos de toda as idades, não faltam oficinas para bebés e crianças, uma visita orientada ao Museu e workshops de caligrafia e arte de cortar papel.

Já o fim-de-semana de 12 e 13 de Maio é dedicado a Timor, num programa que combina aspectos da cultura tradicional e contemporânea. Para além de três exposições sobre arquitectura tradicional timorense e pintura (patentes até 27 de Maio), duas conferências sobre arquitectura e o papel da mulher na sociedade timorense dão a conhecer a realidade social e cultural do país. Por outro lado, são os mitos, lendas e ritos tradicionais que inspiram visitas temáticas, oficinas para crianças, um workshop de dança e “Nakeyir Al-Knanoik”, sessão com um contador de histórias. O dia termina com o concerto de Piki Pereira [voz] e Mintó Deus [viola].

No domingo, 20 de Maio, entre as 11.00 e as 19.00, o Museu do Oriente organiza um Street Food Festival com especialidades locais e asiáticas e actividades para toda a família, incluindo jogos tradicionais e uma demonstração de kimono.

Recomendado para si

Exposição “Roy Lichtenstein e a Pop Art” já rece... A Exposição “Roy Lichtenstein e a Pop Art”, que estará patente até dia 23 de setembro na Praça Central do Centro Colombo, já recebeu mais de 68.000 vi...
Carlão e Áurea sobem ao palco do Forum Montijo Depois de se estrearem no palco do Forum Sintra, os concertos Forum Summer Sound by RFM chegam ao Forum Montijo, centro comercial gerido pela Multi Po...
RALPH VS INTERNET, o próximo filme de animação da Disney Neste especial, será possível ver o encontro de Vanellope com as princesas da Disney e também com a personagem Shank (voz de Gal Gadot na versão origi...
Porto recebe exposição “UNESCO Green Citizens” a partir de 2... O Jardim Botânico do Porto e a Galeria da Biodiversidade – Centro Ciência Viva do Museu de História Natural e da Ciência da Universidade do Porto vão ...
O outono em Vale do Lobo com concerto de fado “Amália ... Vale do Lobo irá receber o outono ao som da formação musical Al-Mouraria num novo e inesquecível concerto no Auditorium de Vale do Lobo, no dia 22 de ...
1ª Liga de futebol feminino passa a designar-se Liga BPI Durante as próximas quatro épocas a 1ª Liga de futebol feminino passa a designar-se Liga BPI. O calendário de jogos da Liga BPI para esta tempor...