16 °C Lisbon, PT
2018-11-20

LIVE NATION associa-se ao lendário Rock in Rio

A Live Nation Entertainment reforça a sua presença na América do Sul ao adquirir uma participação no Rock in Rio que, em 2017, foi o segundo maior festival em bilheteria em todo o mundo, bem como o maior festival de música da América do Sul, assistido ao vivo por mais de 700.000 pessoas oriundas de 62 países diferentes.

O lendário festival realiza, atualmente, eventos bienais no Rio de Janeiro, Brasil, e em Lisboa, Portugal, cada um dos quais com a duração de dois fins de semana repletos de performances de artistas e experiências para os fãs. O Rock in Rio começou em 1985 e já realizou 18 edições, com mais de 1.700 artistas e 9 milhões de espectadores. É seguido por mais de 11 milhões de pessoas nas redes sociais. O festival é levado a mais de mil milhões de pessoas no mundo por transmissão televisiva e via streaming. Ao longo dos anos, já passaram pelos palcos do Rock in Rio artistas icónicos como Queen, The Who, Prince, Guns N’ Roses, Sting, Neil Young, Red Hot Chili Peppers, Iron Maiden, Rihanna, Elton John, Metallica, Stevie Wonder, Shakira, Coldplay, Beyoncé, David Guetta, Bruce Springsteen, Bon Jovi, Justin Timberlake, Paul McCartney, Britney Spears, Roger Waters, The Rolling Stones e muitos outros.

Conteúdo patrocinado

“Estamos muito satisfeitos por unir o maior festival de música do mundo com a maior empresa de entretenimento do planeta”, disse o Fundador e Presidente do Rock in Rio, Roberto Medina. “A parceria irá gerar várias sinergias, que irão possibilitar a concretização de ambições ainda maiores do Rock in Rio. Somos duas empresas com visão global unificada e capacidade de realizar grandes sonhos”. Roberto Medina e a sua equipa mantêm a sua parte societária e continuam a administrar todos os aspetos da produção, mantendo a gestão dos negócios.

“O Rock in Rio é um evento excecional, que estabeleceu o padrão para festivais na América do Sul”, disse o Presidente e Presidente-executivo da Live Nation Entertainment, Michael Rapino. “O Roberto e a sua equipa fizeram o Rock in Rio crescer a ponto de se tornar num verdadeiro evento global e um proeminente festival no mercado emergente de eventos ao vivo na América do Sul. Estamos ansiosos para integrar a sua expertise global nos negócios da Live Nation”.

Com mais de 100 festivais no mundo, a Live Nation detém o maior portefólio de festivais do mundo, incluindo as edições do Brasil, Chile e Argentina do Lollapalooza, num modelo de franchising em parceria com a C3 Presents. A empresa também continua a registar uma procura crescente por concertos em toda a América Latina, com mais tours globais a percorrer a região todos os anos, com espetáculos esgotados.

Recomendado para si

Rock in Rio-Lisboa chegou a mais de cinco milhões de pessoas em Portug... A 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa em números 57 horas de música 264 acts musicais/entretenimento 18.999 pessoas andaram na Roda-gigante...
Começa hoje a 1ª edição do Rock in Rio Innovation Week @LACS Tem hoje início a primeira edição do Rock in Rio Innovation Week @LACS, a decorrer pela primeira vez em Lisboa nesta semana de intervalo entre os dois...
156 mil pessoas no primeiro fim-de-semana de Rock in Rio-Lisboa Durante os dois primeiros dias da 8.ª edição do Rock in Rio-Lisboa, a Cidade do Rock recebeu 156.000 pessoas, com o segundo dia – dominado por Bruno M...
Cidade do Rock prepara-se para abrir as portas da 8.ª edição do Rock i... Faltam oito dias para abrirem as portas de mais um Rock in Rio-Lisboa, que esta edição chega com tudo novo. A Cidade do Rock – recinto do festival - a...
Rock in Rio-Lisboa com Área VIP renovada A duas semanas da abertura de portas, a organização do maior evento de música e entretenimento do mundo apresenta as novidades do espaço mais exclusiv...
Copos de plástico descartáveis banidos da Cidade do Rock Iniciativa procura combater o desperdício de recursos, provocado pelos copos de plástico descartáveis. Copos serão oferecidos aos festivaleiros, dentr...