Home | Alimentação e bebidas | Alimentação | Quando é perseguido por uma máquina e gosta… isso é KITKAT Walking Machine

Quando é perseguido por uma máquina e gosta… isso é KITKAT Walking Machine

KITKAT escolheu a maior festa de youtube em Portugal, a YouFest Awards, que decorreu no Centro de Congressos do Estoril entre 27 e 29 de abril, para apresentar a sua quinta extraordinária vending machine: a SUPER EXTRAORDINÁRIA Walking Machine.

Sim! Percebeste bem: a Walking Machine seleciona e “persegue” pessoas até que estas interajam com ela. De forma persistente, esta extraordinária KITKAT Machine interpelou os visitantes – com assobios – até conseguir obter a sua atenção. Depois, o “perseguido” era convidado a ser Youtuber por 15’, tendo que carregar num botão, para ativar uma gravação de vídeo, em que teria que pedir um KITKAT de forma muito convincente…

Este foi mais um irreverente #extrabreak que KITKAT proporcionou aos seus fãs. Recorde-se que a marca já tinha surpreendido com o lançamento da Hacking Machine – com a qual desafiava a desvendar enigmas, que só podiam ser resolvidos com recurso a sensores (sopro, câmara, feixes de luz, entre outros), da Thinking Machine, que premiava (com um KITKAT, claro!) o poder da concentração, e com a Challenging Machine convidando os fãs a entrar num túnel escuro com vários lasers, tendo a “missão” de chegar até à máquina que estava no final do túnel, sem tocar no laser. Com a ‘Questioning Machine’ o desafio passava por escolher uma de duas tarefas e completá-la em um minuto.

Todas as Extraordinárias Vending Machines KITKAT foram criadas em parceria com a J. Walter Thompson e a Jack The Maker com o objetivo de realizar #Extradesafios que constituissem revigorantes #extrabreaks!

Check Also

Quinta de Chocapalha Castelão 2016 já está no mercado

A Quinta de Chocapalha, situada em Alenquer, acaba de apresentar a nova colheita do seu …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.