Home | Moda | Ray-Ban apresenta nova campanha asssinada por Steven Klein

Ray-Ban apresenta nova campanha asssinada por Steven Klein

A campanha apresenta quatro fotos com quatro personagens singulares, cada uma incorporando um ícone da Ray-Ban. As imagens celebram a força libertadora das viagens de carro, interpretadas como uma fuga metafórica dos constrangimentos da sociedade moderna. A narrativa é uma continuação da história da campanha de 2017 de Steven Klein, na qual os protagonistas se libertavam do seu passado para reconquistarem a liberdade pessoal. As novas imagens promovem estes indivíduos que se focam no futuro, seguem os seus sonhos e embarcam numa aventura interminável para abraçarem o seu verdadeiro “eu”. O espírito da campanha é imediato,
irreprimível e autêntico, captando o poder transformador da liberdade de expressão pessoal.

“A campanha fala sobre a liberdade e a capacidade de deixar o passado para trás”, explica Klein. “Na época conturbada em que vivemos, muitos identificam esse conceito com uma viagem de carro. Esta campanha pretende transmitir a ideia de que, independentemente das dificuldades com que nos deparamos, podemos ser um indivíduo, seguirmos o nosso próprio caminho e experienciarmos a diversão, o otimismo, a criatividade, o amor… todos procuramos a nossa liberdade pessoal.”

Cada um dos protagonistas usa um ícone da Ray-Ban, uma extensão das suas personalidades distintas: Marshal, Wayfarer Blaze, Aviator Evolve e Hexagonal.
Além das imagens, a comunicalção apresenta também uma campanha de vídeo, quatro clips de vídeo com cada uma das personagens e outros conteúdos digitais, revelando mais sobre as odisseias pessoais únicas dos protagonistas.

Check Also

Seiko Prospex Save The Ocean: Uma homenagem ao oceano

Em 2018, a Seiko firmou uma parceria com Fabien Cousteau, mergulhador, explorador, divulgador científico e …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.