Home | Lazer | Exposições | Exposição “Escher” em Lisboa prolongada até setembro

Exposição “Escher” em Lisboa prolongada até setembro

O sucesso sem precedentes alcançado pela exposição “Escher” em Lisboa, a primeira grande retrospetiva em Portugal dedicada ao génio holandês, hospedada no Museu de Arte Popular, determinou a sua continuação até 16 de Setembro de 2018.

O fascínio e a curiosidade que o legado de Maurits Cornelis Escher continua a inspirar no grande público, de todas as idades, tem feito da mostra um fenómeno global. A procura entusiástica e contínua dos visitantes em Lisboa justifica a decisão da organização para estender o prazo de permanência na cidade, permitindo que todos os interessados tenham a oportunidade de conhecer “Escher”.

A exposição, promovida pela Arthemisia em colaboração com a Fundação M. C. Escher e com curadoria de Mark Valdhuisen e Federico Giudiceandrea, num corpo organizativo de 200 pessoas, ilustra toda a jornada criativa do artista visionário cujas criações encantaram as mentes dos cientistas e a imaginação dos designers gráficos, exercendo uma forte influência no mundo da arte.

Composta por 200 obras originais do mestre, “Escher” em Lisboa reúne peças emblemáticas como “‘Mão com Esfera Espelhada’, ‘Relatividade’ (ou Casa das Escalas) e ‘Belvedere’, para além de obras anteriores que permitem ajudar a configurar o percurso do artista.

Incluídos estão também recursos educacionais, jogos didáticos e laboratórios científicos que ajudam visitantes de todas as idades e áreas de interesse a compreender as imagens desconcertantes e os universos (aparentemente) irreconciliáveis que compõem a dimensão artística de M. C. Escher.

Check Also

Cuca Roseta e Orquestra de Câmara de Cascais e Oeiras em concerto solidário

O primeiro “Concerto pela Paz” em Portugal a favor da Scholas Occurrentes, fundação mundial sem …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.