12 °C Lisbon, PT
2019-02-16

Cuidar dos pés das crianças é o mais importante

Artigo de Opinião de Francisco Oliveira Freitas, Podologista

Os pés das crianças podem ser facilmente afetados devido à utilização de calçado mal ajustado, ao mau apoio dos pés, ou devido às alterações dermatológicas, entre as quais as verrugas. Perante este cenário, é muito importante ter nos primeiros três anos de vida de uma criança uma preocupação especial no que respeita aos seus pés, visto que é neste período de tempo que são estabelecidas as suas formas básicas.

Até aos oito meses, os pequenos pés têm características muito sensíveis: são muito macios, flexíveis e constituídos por uma cartilagem muito maleável, o que faz com que tenham uma grande mobilidade e flexibilidade, porém qualquer pressão anormal pode causar deformidades.

De facto, as alterações nos pés podem ser herdadas, mas também é possível assistirmos a casos em que estas surgem devido à posição em que a criança dorme. Por outro lado, estas alterações podem surgir no início da gestação como resultado da posição fetal em que se encontram as suas pernas.

Já na idade pré-escolar e escolar é essencial realizar-se um diagnóstico e um tratamento adequado ao crescimento e maturação física da criança, prevenindo desta forma a evolução de problemas estruturais e biomecânicos, assim como possíveis sequelas na idade adulta.

Para além dos fatores já mencionados, a utilização de calçado inadequado é inquestionavelmente um problema que tende a dar origem a consequências significativas para a saúde da criança, que vão desde as reações cutâneas até as alterações estruturais, comprometendo a forma e a funcionalidade do pé.

pub

A examinação precoce efetuada por um Podologista é uma medida preventiva que não deve ser ignorada. A juntar a esta, existem algumas medidas que podem ser tomadas para evitar ou minimizar os problemas com os pés dos bebés, em particular, tais como:

  • Ter as mãos limpas quando for cortar as unhas dos pés;
  • Utilizar um corta-unhas reto, de maneira a não cortar as extremidades dos cantos das unhas;
  • Segurar o pé com firmeza e manter a calma;
  • Não obrigar a criança a andar se ela não estiver realmente preparada;
  • Se no terceiro ano a criança ainda reclamar de dores e mal-estar, deverá procurar um Podologista;
  • Não tirar as peles das extremidades dos dedos, pois pode trazer complicações e dores.

Recomendado para si

Oriflame apresenta o batom Ultimate Colour Stylist The One O novo Batom Ultimate Colour Stylist The ONE da Oriflame é o batom certo que pode compor todo o seu look. É ultracremoso e define o seu estilo, indepe...
ISDIN anuncia João Sousa como Friend da marca em 2019 A ISDIN, laboratório internacional que oferece soluções integrais e inovadoras para o tratamento, prevenção e manutenção da pele e mucosas e João Sous...
O rompimento da promessa de casamento “O contratente que rompe a promessa sem justo motivo ou que, por culpa sua,  dá lugar a que o outro se retracte, deve indemnizar o esposado inocente, ...
Conjunto Milagroso 3D Timewise Mary Kay eleito Produto Do Ano 2019 A Mary Kay, uma das maiores empresas mundiais de beleza de venda direta, acaba de ser distinguida com o prémio “Produto do Ano 2019”, na categoria “Cu...
Cidália Cabeleiros é uma das novidades de 2019 no Nosso Shopping O Nosso Shopping, Centro Comercial gerido e comercializado pela consultora imobiliária CBRE, reforça o seu mix comercial com a inauguração de mais uma...
Kelly Bailey é o novo rosto de Garnier A atriz Kelly Bailey é a nova cara de Garnier, para Ambre Solaire e Fructis. Ao longo do ano, a atriz vai ser a protagonista de diferentes campanhas e...