10ª edição do FUSO – Anual de Vídeo Arte International de Lisboa

O FUSO – Anual de Vídeo Arte Internacional de Lisboa regressa a Lisboa entre os dias 28 de agosto e 2 de setembro para a sua 10.ª edição e traz consigo um conjunto de novos programas e projecções inéditas. Este ano, as exibições unificam-se sobre o tema (r)evolução e (r)esistência na videoarte. Com um olhar crítico sobre o mundo contemporâneo, a programação do FUSO 2018 foca a sua atenção em questões em torno da resistência, existência, revolução e evolução.

O festival pretende confrontar linguagens canónicas com as mais contemporâneas, cruzando artes plásticas, performance, cinema, literatura e meios digitais, propondo uma nova interpretação da imagem em movimento no século XXI.

O FUSO abre com um filme de Daniel Blaufuks, Mein Kampf, no dia 28 de agosto, na Travessa da Ermida. Mein Kampf evoca uma poderosa imagem de destruição e reflete sobre alguns dos grandes tabus da nossa sociedade, nomeadamente a proibição de obras literárias de cariz “perigoso”.

A sessão competitiva (Open Call) da edição de 2018 acontece no dia 29 de agosto no Jardim do Museu de Arte, Arquitetura e Tecnologia (MAAT). O festival recebeu 200 inscrições, sendo que os seleccionados vão ser conhecidos no próximo dia 31 de julho. Os artistas concorrem ao Prémio Aquisição Fundação EDP/MAAT e ao Prémio Incentivo FUSO/RESTART.

Se este festival tem sempre um olhar focado no futuro, esta edição espelha também o passado, e o seu próprio passado. O programa Reload, com curadoria de Marta Mestre, pretende celebrar os artistas premiados no Open Call do FUSO ao longo destes 10 anos, exibindo os seus novos trabalhos na área da videoarte e da curta-metragem, em sessão dupla no dia 30 de agosto, no Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado.

No Museu Nacional de Arte Antiga, no dia 31 de agosto, a resistência é celebrada através do programa Os Cinétracts de Maio de 68: A Revolução no Cinema, de Bernardette Caille. Realizados de forma colectiva e sem assinatura, por vezes por autores conhecidos como Godard ou Chris Marker, durante as manifestações de maio de 1968 em Paris, os cinétracts foram feitos sem qualquer edição, sem som e são agora exibidos pela primeira vez fora do território francês.

Ainda no MNAA, a diretora da Electronic Arts Intermix (EAI), Lori Zippay, apresenta o programa Sensação de Poder: Corpos de Resistência, uma viagem ao núcleo do vídeo activismo, uma das manifestações mais fortes e originárias da videoarte. Concebido a partir do arquivo da instituição nova-iorquina, os trabalhos usam diversas tecnologias de imagem em movimento e estratégias conceptuais, para dar voz às noções de resistência cultural e ação política, em obras que datam dos anos 60 até à atualidade.

No dia 1 de setembro, no Jardim do Museu Nacional de História Natural e da Ciência é exibido Diálogo de Mãos, um programa de Kiki Mazzucchelli. A curadora toma emprestado o título da obra que a artista Lygia Clark realizou em parceria com Hélio Oiticica em 1966, em que dois participantes, cujos pulsos são atados por uma faixa elástica em forma de uma fita de Möbius, para propor uma espécie de livre associação entre trabalhos que exploram o potencial formal, linguístico e simbólico das mãos na produção audiovisual.

Na mesma noite, a curadora Evanthia Tsantila mostra em Imaginar o Futuro uma Grécia antes e depois da crise internacional que atingiu o país em 2009. O programa traz o olhar discreto e atento, mas também crítico de duas artistas sobre as condições sociais e políticas do mundo onde vivem e, com as suas obras, tentam dar-nos um vislumbre sobre o nosso complexo, obscuro e quase inconcebível presente.

Para encerrar o festival no dia 2 de setembro, no Claustro do Museu da Marioneta, serão apresentadas obras selecionadas pela curadora palestiniana Reem Fadda. O anúncio dos vencedores do Open Call 2018 será feito nesta noite de encerramento.

Com o objetivo de promover e incentivar os novos artistas, o FUSO associou-se à Ar.Co – Escola de Arte e Comunicação Visual, e, em parceria com o Turismo de Lisboa, vai exibir trabalhos de alunos do curso de Imagem em Movimento nos ecrãs do Canal Lisboa espalhados pela cidade durante toda a semana do festival.

Muitos dos curadores responsáveis pelos programas do FUSO 2018 estarão em Portugal e disponíveis para falar à imprensa, nomeadamente: Bernadette Caille (França), Evanthia Tsantila (Grécia), Kiki Mazzucchelli (Brasil), Marta Mestre (Portugal) e Remm Fadda (Palestina).

O FUSO realiza-se de 28 de agosto a 2 de setembro em vários espaços da cidade: Travessa da Ermida, Jardim do Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (MAAT), Jardim do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado, Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga, Jardim do Museu Nacional de História Natural e da Ciência e Claustro do Museu da Marioneta.

Dando seguimento ao objetivo do FUSO de divulgar a arte em vídeo portuguesa dentro e fora do país, o festival viaja em setembro ao Brasil (Videobrasil em São Paulo e Escola de Artes Visuais do Parque Lage no Rio de Janeiro) para apresentar as obras dos artistas vencedores do Open Call e uma sessão histórica com obras do Ernesto de Sousa. Em novembro estará na Galiza e no início de 2019 será a vez da cidade do Porto conhecer um pouco do festival.

O FUSO – Anual de Vídeo Arte International de Lisboa está inserido no programa Lisboa na Rua, promovido pela EGEAC.

Calendário:

Travessa da Ermida

28 de Agosto a 2 de Setembro 2018 | Artista Convidado: Daniel Blaufuks Programa: Mein Kampf, 10′, 2005 (loop)

28 de Agosto (Terça-feira) > 21h00 | Inauguração

29 de Agosto a 2 de Setembro > Quarta a Sexta-feira das 11:00 às 17:00 / Sábado e Domingo das 14:00 às 18:00

Jardim do Museu de Arte, Arquitectura e Tecnologia (MAAT)

29 de Agosto 2018 (Quarta-feira)

21h30 | Welcome Drink

OPEN CALL – Apresentação dos trabalhos a concurso

22h00 | Jean-François Chougnet | Secção Competitiva Portugal

23h15 | Jean-François Chougnet | Secção Competitiva Portugal

Jardim do Museu Nacional de Arte Contemporânea do Chiado

30 de Agosto 2018 (Quinta-feira)

22h00 | Programa Marta Mestre | “Reload”

23h15 | Programa Marta Mestre | “Reload”

Jardim do Museu Nacional de Arte Antiga

31 de Agosto 2018 (Sexta-feira)

22h00 | Programa Bernardette Caille | Os Cinétracts de Maio de 68: a revolução no cinema

23h15 | Programa Lori Zippay | “Sensação de Poder”: Corpos de Resistência

Jardim do Museu Nacional de História Natural e da Ciência

1 de Setembro 2018 (Sábado)

22h00 | Programa Kiki Mazzucchelli | Diálogo de mãos: Richard Serra, Rivane Neuenschwander e Tamar Guimarães

23h15 | Programa Evanthia Tsantila | Imaginar o futuro

Claustro do Museu da Marioneta

2 de Setembro 2018 (Domingo)

22h00 | Programa Remm Fadda

23h15 | Programa Ar.Co – Centro de Arte e Comunicação Visual | ‘From time to time’

23h30 | Cerimónia de Entrega de Prémios da OPEN CALL

Programa Paralelo

27 de Agosto a 2 de Setembro

Nos 18 painéis espalhados em pontos estratégicos da cidade videoarte no Canal Lisboa, numa parceria com o Turismo de Lisboa e a Ar.Co – Escola de Arte e Comunicação Visual.

Recomendado para si

ViaCatarina Shopping convida-o a sonhar No Dia Mundial do Sonho, o ViaCatarina Shopping relembra a importância de nunca deixarmos de sonhar! Como diria o poeta, “o sonho comanda a vida” e, p...
Grupo Fidelidade doa 36 mil livros a Cabo Verde O Grupo Fidelidade doou a Cabo Verde 36 mil livros, através da sua participada Garantia Seguros, numa cerimónia que se realizou na Biblioteca Nacional...
Espetáculos para toda a família regressam ao Braga Parque Em Setembro regressa ao Braga Parque a programação de espetáculos para toda a família. As artes performativas voltam a estar em destaque no Braga Parq...
A origem do mal, segundo Agualusa «Instantes antes do ataque havia pássaros a cantar entre a folhagem. Se abrisse os olhos veria a terra vermelha e o verde muito vivo do capim. Assim, ...
Filme sobre Snu Abecassis estreia a 7 de março As primeiras imagens do filme sobre Snu Abecassis foram hoje divulgadas com a distribuição do trailer da história desta mulher que “revolucionou” Port...
The Pitch Market começa amanhã em Belém e cria “Cidade do De... Começa já esta quinta-feira, a 4ª edição do The Pitch Market que regressa a Lisboa, até 23 de setembro, com um novo formato e uma nova localização. O ...