7 °C Lisbon, PT
2018-12-17

Portugueses são o povo europeu que mais gosta de estar deitado ao Sol nas férias

Os portugueses são o povo europeu que mais gosta de estar deitado ao Sol durante as férias de verão, com 96% da população a admitir que o faz, contra 93% dos italianos e 89% dos alemães, revela um novo estudo da eDreams sobre as preocupações e os comportamentos dos portugueses face aos perigos de uma exposição solar excessiva.

Os portugueses passam em média 3h28m por dia deitados ao Sol quando estão de férias – apenas ultrapassados pelos suecos, com 3h55m – e os Millennials (entre os 20 e os 39 anos) constituem a geração etária que mais usa protetor solar, com 95% dos inquiridos a afirmar que aplica este tipo de produtos, contra 86% da faixa etária entre os 40-49 anos, 69% entre os 50 e os 59 anos e 74% dos inquiridos com mais de 60 anos, revela um novo estudo da eDreams sobre as preocupações e os comportamentos dos portugueses face aos perigos de uma exposição solar excessiva.

O estudo indica que 38% dos portugueses inquiridos refere usar protetor solar com fator de proteção 50+, enquanto 34% afirma usar versões com SPF entre 30 e 50. Apenas 3,5% dos inquiridos indicaram não usar qualquer tipo de protetor, com o simples bronzeador a ser o preferido de 2,5% dos portugueses.

Olhando para o uso de protetores solares com vários níveis de proteção, os Millennials são a geração com maior percentagem de utilização de protetor, independentemente do grau de proteção, mas acabam também por ser a faixa etária que menos escolhe um fator acima de 50 (33,43%). No caso específico deste índice de proteção, são os portugueses com 60 ou mais anos a preferir os valores mais elevados (43,59%).

Exposição solar e escolha do protector

Em termos gerais 46% dos portugueses afirma passar entre 3 e 4 horas diárias deitados ao Sol durante as férias, com 21% dos a fazê-lo durante uma a duas horas diárias. Cerca de 4% admitiu não o fazer em nenhuma circunstância. No entanto, quase um quarto dos portugueses inquiridos revelou comportamentos que sugerem um maior risco, pela exposição prolongada à radiação solar: 20% admitiu passar entre 5 e 6 horas por dia deitado ao Sol quando está de férias, enquanto 2,5% chega mesmo a fazê-lo entre sete e oito horas por dia.

O estudo da eDreams indica que são os portugueses com mais idade a passar menos tempo ao Sol, com 10% dos indivíduos acima dos 60 anos a afirmar que não o fazem em qualquer circunstância – a média, nesta faixa de idades, é de 2,4 horas. Em contraponto, apenas 2,3% dos inquiridos com idades entre os 50 e os 59 anos afirmou não o fazer (passam em média 3,14 horas por dia ao Sol), enquanto nas gerações mais novas 4%, em média, admite não se deitar ao Sol. Os Millennials portugueses são os que passam mais tempo, em média, deitados ao Sol – cerca de 3,4 horas – mas são também os que se protegem mais.

O protetor solar surge assim como a solução para cuidar da pele mais usada pelos portugueses para fazer face aos efeitos nocivos da exposição ao Sol, mostrando diferentes critérios na hora de adquirir estes produtos. O método de aplicação (creme ou spray – 39%), o Fator de Proteção Solar (44%), os valores de proteção UVA (55%) e a confiança na marca do protetor (47%) são os fatores que mais condicionam a sua compra.

Dentro destes critérios, em média são as mulheres a mostrar-se mais preocupadas do que os homens, com os valores do Fator de Proteção Solar a fazer parte das preferências de 56% das inquiridas, contra 34% dos homens. As preocupações com os valores UVA afetam uma percentagem semelhante de mulheres e homens (56% contra 55%), enquanto são eles a revelar mais preocupações com o preço dos protetores solares – 25% contra 21% das consumidoras.

A preocupação com a classificação e proteção UVA, por outro lado, é maior nos portugueses com 60 anos ou mais (69%), decrescendo progressivamente a preocupação consoante a faixa etária. Dos inquiridos com idades entre os 20 e os 29 anos, apenas 44% mostrou essa preocupação.

Educação e consciencialização

Um dos aspetos aprofundados pelo estudo da eDreams foi o da educação e consciencialização dos portugueses para os perigos da exposição solar excessiva e sem proteção, apelando à sua memória sobre os comportamentos que tinham quando eram crianças e quais os conselhos que recebiam dos adultos. E aqui os Millennials revelam ter aprendido mais com os progenitores do que as anteriores gerações.

Enquanto 88% dos Millennials portugueses disseram ter usado protetor solar quando eram adolescentes ou jovens adultos, 74% dos portugueses com mais de 60 anos usou também este tipo de proteção. Neste caso, cerca de 84% dos Millennials portugueses afirmaram que usaram protetor solar com fator 15 ou superior, comparado com 69% dos utilizadores com mais de 60 anos.

Ainda neste contexto, o estudo da eDreams indica que cerca de 64% dos portugueses inquiridos entre os 20 e os 29 anos afirmou que os pais ou progenitores insistiam para que aplicassem protetor com regularidade quando eram crianças, valor que cai quase para metade quando questionados os inquiridos com 50 ou mais anos, em que apenas cerca de 35% admite esse tipo de insistência por parte dos respetivos progenitores.

Apesar disso, a grande maioria dos portugueses que participaram no estudo da eDreams refere que os progenitores se preocupavam com a proteção contra os raios solares: cerca de 60% diz que se mostravam muito preocupados ou permanentemente preocupados; e 29% sugere que os progenitores mostravam uma preocupação relativa. Apenas 10% dos inquiridos afirmou não ser uma preocupação para os pais a questão da proteção solar.

*Inquérito realizado pela OnePoll para a eDreams entre 19 de março e 17 de abril de 2018, a 1000 portugueses adultos inquiridos que vão de férias.

Recomendado para si

Cesta Doudou Passo a Passo dos Laboratórios LETI, para cuidar do bebé... Os Laboratórios LETI, especializados no cuidado da pele de toda a família, apresentam um novo produto da gama Baby Semabed, a ‘Cesta Doudou Passo a Pa...
Camaleon Cosmetics apresenta batons coloridos para inverno Após um verão cheio de cor, a marca espanhola de cosmética de cor, Camaleon Cosmetics, lança em Portugal uma nova gama de batons de inverno, os Basic ...
Avon apresenta a nova fragância Surreal Sky A pensar nas mulheres sonhadoras, a AVON acaba de lançar a fragrância feminina Surreal Sky, inspirada na atmosfera mágica do céu e na encantadora flor...
Nivea protege a sua pele do frio com uma dose de hidratação O Inverno traz consigo algumas das melhores coisas da vida, tais como roupas confortáveis e aconchegantes, chocolate quente em tardes chuvosas e é tam...
No mês do Natal “Dê sangue à vida” com o MAR Shopping Mato... “Dê sangue à vida” é a mensagem com assinatura do MAR Shopping Matosinhos e do IPST, que tem como objetivo principal apelar à participação do maior nú...
Chicco oferece carrinhos STROLL’IN’2 aos melhores clientes Quem fizer compras acumuladas no valor de 500€ nas lojas Chicco durante o mês de dezembro, receberá automaticamente o carrinho, no valor de 329,90€ A...