Elizabeth é o “next boom” do turismo, a 30 minutos de Nova Iorque

A cidade de Elizabeth, no estado de New Jersey, nos Estados Unidos da América, quer mais visitantes portugueses e deixar de ser o segredo que fica a 30 minutos de Nova Iorque.

Numa ação que reuniu profissionais do turismo na Embaixada dos Estados Unidos em Lisboa, Jennifer Costa, a luso-descendente que dirige o Elizabeth Destination Marketing Organization, mostrou aos presentes, os principais atributos da cidade. Há três anos que Elizabeth aposta na promoção do turismo, e essa aposta tem vindo a dar frutos já que foram considerados um caso-estudo e um dos 10 destinos emergentes dos Estados Unidos.

Conteúdo patrocinado

Gozando de uma localização privilegiada e com ligações próximas ao terminal de cruzeiros, aeroporto de Newark Elizabeth e Nova Iorque, Elizabeth é um destino para ser visitado durante todo o ano, disse a responsável que destaca a oferta de shopping, neve, praia, gastronomia e vinho. “Se os visitantes querem fazer esqui, podem fazê-lo a 40 minutos do aeroporto de Newark” que por sua vez fica a 10 minutos da cidade de Elizabeth. Mais recentemente, fruto de uma aposta nos vinhos, a região está a ganhar protagonismo na produção de vinhos, ocupando já a 10ª posição nos Estados Unidos.

Reunindo o melhor de dois mundos, Elizabeth posiciona-se também como um destino que oferece uma excelente relação de qualidade/preço já que, comparado com a vizinha Nova Iorque, pode proporcionar alojamento e experiências gastronómicas multiculturais a preços mais competitivos. Da sua oferta fazem parte restaurantes que já serviram de cenário a séries de sucesso, como é exemplo o Manolo’s, onde foi filmado “Os Sopranos”. A cidade foi considerada a 5ª melhor cidade para Ethnic Eats com restaurantes representativos de mais de 50 países.

Além da vida noturna e a gastronomia, a história e a agenda cultural também foram destacadas durante a apresentação. Elizabeth foi a cidade berço do Estado e a sua primeira capital, tendo desempenhado um papel importante na Revolução Americana. Por ali viveram alguns dos notáveis que fazem parte da história daquele país como Alexander Hamilton. George Washington partiu de Elizabeth para a sua tomada de posse como presidente. Durante o ano a cidade realiza inúmeros eventos musicais, históricos, outros relacionados com as diversas comunidades que ali vivem, como é o caso da portuguesa.

Mas apesar de todos os atributos que fazem de Elizabeth um destino a visitar e a ponderar para ficar alojado quando quiser ir até Nova Iorque, a cereja no topo do bolo deste destino são mesmo as compras. Elizabeth é a 5ª melhor cidade dos Estados Unidos para shopping albergando o outlet The Mills at Jersey Gardens, onde os visitantes não pagam impostos sobre as compras de roupa e calçado e por isso os preços, incluindo de produtos de marcas premium, atingem valores imperdíveis. Em 2016 o outlet recebeu 18 milhões de visitantes. Existe serviço de autocarros que tanto partem de Manhattan como do aeroporto de Newark, algo que pode ser interessante sobretudo se tiver uma ligação que implica muitas horas de espera.

Recomendado para si

Elizabeth é o novo destino de excursão para a Royal Caribbean Cruise L... Os passageiros da Royal Caribbean Cruise Lines que desembarcarem no porto de cruzeiros de Cape Liberty vão passar a ter Elizabeth como mais um destino...