Home | Lazer | Feiras, Festas e Eventos | “Viver Guimarães” celebra a dança no mês de outubro

“Viver Guimarães” celebra a dança no mês de outubro

Em Guimarães, o mês de outubro é dedicado à Dança! Dias 20 e 27 de outubro, a Praça da Restauração enche-se de movimento e recebe as performances da Escola de Dança Flávia Portes e do Ballet da Classe Infantil da Academia de Artes e Ritmos.

A Escola de Dança Flávia Portes dedica-se, essencialmente, ao ensino do ballet clássico e da dança contemporânea, mas não deixa de fora outras modalidades. A escola situada em Guimarães oferece ainda outras experiências ligadas ao hip hop, danças urbanas, dança jazz, ginástica acrobática e muito mais. No “Viver Guimarães” a escola apresenta o excerto do espetáculo SIMUM, inspirado na obra de Paulo Coelho, O Alquimista, que promete surpreender todos os visitantes, dia 20 de outubro às 17h00 na Praça da Restauração.

Já a Academia de Artes e Ritmos traz, dia 28 de outubro às 16h30, um momento de ballet protagonizado pelos mais novos. A Praça da Restauração vai encher-se de magia para receber as crianças que vão encantar a plateia com uma aula aberta de alunas de diferentes graus, que termina com uma exibição conjunta de todas as turmas.

Estas performances surgem inseridas no “Viver Guimarães”, um projeto cujo objetivo é proporcionar a todas as famílias vimaranenses diversas atividades de arte, música, cultura, animação e entretenimento, estimulando a proximidade e os elos de ligação afetiva entre o Centro e a comunidade, homenageando a cultura da cidade.

Este projeto, que teve início no mês de abril, conta agora com performances de dança protagonizadas por crianças e jovens, proporcionando aos visitantes do GuimarãeShopping momentos de harmonia e muita arte através do movimento.

Check Also

Sabes qual é o teu estilo? Descobre-o no Ubbo Instyle

Nos próximos dias 18, 19 e 20 de outubro, o UBBO vai receber o evento …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.