16 °C Lisbon, PT
2019-03-19

5 verdades e mitos sobre os Medicamentos Genéricos

Num país onde a percentagem de consumidores de medicamentos genéricos continua a estar aquém de alguns dos principais países europeus, a Zentiva, uma das principais empresas de genéricos a nível europeu e com uma forte presença no mercado português, esclarece algumas verdades e mitos.

  1. Os medicamentos genéricos demoram mais tempo a fazer efeito – MITO

Os medicamentos genéricos devem libertar a mesma quantidade de substância ativa durante o mesmo período de tempo que o medicamento original. Por esse motivo, a legislação exige a realização de um teste de bioequivalência antes do registo e da autorização de comercialização para garantir que o medicamento tem as mesmas propriedades farmacocinéticas e farmacodinâmicas do produto original.

  1. Os medicamentos genéricos são vendidos a baixo preço porque não têm tanta qualidade – MITO

O preço de um medicamento original reflete, mais do que o custo de produção, o investimento que foi feito em investigação, desenvolvimento e promoção para o lançar no mercado. Quando os medicamentos genéricos entram no mercado, esse tipo de investimento já não é necessário, o que permite aos medicamentos genéricos competir através do preço. A qualidade e eficácia são pré-requisitos que têm de ser sempre assegurados para a sua comercialização.

Pub

  1. Um medicamento genérico pode ter um aspeto diferente do medicamento original – VERDADE

São permitidas diferenças de tamanho, forma e cor entre medicamentos de marca e genéricos, desde que não tenham impacto na eficácia, qualidade e segurança do medicamento.

  1. Investigações demonstram que os medicamentos genéricos atuam tão bem como os medicamentos de marca – VERDADE

Um estudo avaliou 38 ensaios clínicos publicados que comparavam medicamentos genéricos para o Sistema Cardiovascular com os seus equivalentes de marca. Nestes ensaios não foi encontrada evidência de que os medicamentos de marca atuassem melhor que os genéricos.

O resultado deste estudo é explicado pelo facto de os medicamentos genéricos serem submetidos a ensaios de bioequivalência antes de entrarem no mercado.

[Kesselheim et al. Clinical equivalence of generic and brand-name drugs used in cardiovascular disease: a systematic review and meta-analysis. JAMA. 2008;300(21)2514-2526].

  1. Os medicamentos genéricos têm uma composição diferente em relação aos equivalentes de marca – MITO

Medicamentos genéricos e os seus equivalentes de marca têm de conter a mesma substância ativa, responsável pelo efeito terapêutico. Ler informação:

Diferenças nos excipientes (como edulcorantes) são permitidas desde que não influenciem a eficácia terapêutica, a segurança ou a forma como o fármaco se comporta no organismo. Por estes motivos, é obrigatório que os medicamentos genéricos sejam submetidos a testes de bioequivalência antes de entrarem no mercado.

Recomendado para si

O que posso comer se quiser perder barriga? Podemos afirmar que a barriga é o "Calcanhar de Aquiles" para a generalidade das mulheres. Perder aquele volume abdominal a mais é, não só benéfico p...
Curaprox lança nova gama de pastas de dentes com personalidade Rising star, Pure you, Candy Lover, Challenger, Daydreamer e Explorer são as personalidades da nova gama de dentífricos Be You lançada pela Curaprox....
Bonté Men tem as melhores sugestões para o Dia Do Pai O Dia do Pai está quase a chegar e a Bonté MEN, a linha masculina de higiene e beleza, exclusiva das lojas Minipreço e Clarel, tem as melhores e ...
Wet Detangler agora com nova cor e autocolantes divertidos O look da wet detangler está cada vez melhor, e chega à nova estação com uma nova cor e dez autocolantes street style e cool que nos remetem para a in...
Elie Saab cria Girl Of Now Em 2017, Girl Of Now revelou a sua radiância encantadora com o rastro da flor de Ormond, uma flor única criada exclusivamente para Elie Saab, numa com...
Alerta corporal chega esta primavera com a Sephora Collection A primavera chegou às lojas da Sephora com novidades, inovações em série, super ingredientes, packs vibrantes, fórmulas irresistíveis... Entre as nov...