13 °C Lisbon, PT
2018-12-12

The Jewellery Experience: designers brasileiros abrem loja-atelier no Porto

Depois de seduzirem o mercado brasileiro, Diogo Dalloz e Ni Romiti apresentam-se agora no mercado português, num espaço que convida à interação e experiência. Os designers cariocas acabam de abrir uma loja-atelier de joalharia contemporânea, nas Galerias Lumière.

Diogo Dalloz e Ni Romiti, designers brasileiros de joias, afirmam-se no mercado português com a abertura de uma loja-atelier de joalharia contemporânea, na baixa do Porto. As Galerias Lumière são a nova morada dos jovens criadores que apostam assim no crescimento da marca, que além de ponto de venda, acolhe também o atelier criativo.

Além de expor as coleções de ambos os designers, a loja será um espaço de interação e experiência – The Jewellery Experience, em que os visitantes poderão assistir à manufatura das peças ao vivo e participar na própria criação e personalização das suas peças.

Diogo Dalloz nasceu no Rio de Janeiro, mas foi em Portugal que descobriu o fascínio pela técnica e arte da ourivesaria portuguesa. Formado em Escultura, teve o seu primeiro contato com a joalharia em Portugal, num programa de intercâmbio na Universidade de Lisboa. Mais tarde, regressou, desta vez para a cidade do Porto, para frequentar a pós-graduação em “Design de Joalharia” e mestrado em “Design de Produto”, com enfoque no design de joias.

Terminada a formação, cria a sua marca em nome próprio no Brasil, onde esta começa a ganhar expressão. Mas muda-se finalmente para o Porto no início deste ano, com a ambição de expandir o negócio em Portugal e na Europa.

Diogo Dalloz realça que a sua marca “alia a qualidade da técnica da joalharia portuguesa à sensualidade do design carioca. Foi em Portugal que me apaixonei pelas joias e é aqui que pretendo continuar a desenvolver a minha marca. Mas também quero trazer um pouco do Brasil para Portugal, daí que tenha desafiado o Ni Romiti a juntar-se ao projeto. Aliás, o nosso objetivo é que a loja seja um palco de criação e que no futuro venhamos a receber outros autores, portugueses, brasileiros ou de outras nacionalidades, que queiram expor o seu trabalho em Portugal”.

Com a joalharia presente no ADN familiar, Ni Romiti cria joias versáteis e que primam pela sua intemporalidade. Residente no Rio de Janeiro, o designer assume o fascínio pela permanente inovação e evolução.

Para Ni Romiti será uma estreia no mercado português. Segundo o criador brasileiro “esta é uma oportunidade de expandir a minha marca em Portugal e abrir portas para mercados muito interessantes, nomeadamente centro da Europa”. A abrir a sua primeira loja em colaboração com Diogo Dalloz, o designer salienta a importância de “ter um espaço físico mais próximo do consumidor português e que me permite expor as minhas peças, para um público mais abrangente e, paralelamente, trabalhar em colaboração com um designer brasileiro que aposta na versatilidade das peças e na qualidade da produção”.

Recomendado para si

Carros elétricos já podem ser carregados no Convento do Espinheiro A partir de agora já pode alimentar o seu veículo elétrico no Convento do Espinheiro. Para que não lhe falte nada, junto às magnificas oliveiras cente...
Robot de Cozinha UltraMix da AEG Sugestão de programa para um sábado ou domingo à tarde em que não apetece sair de casa: fazer pão caseiro ou bolos saborosos para um lanche em família...
Tarifários jovens: reclamações aumentaram 62% O Portal da Queixa verificou um aumento do número de reclamações dirigidas às operadoras de tarifários jovens. Desde o início de 2018, até ao mês de n...
Local-Your Healthy Kitchen tem novo espaço junto à Avenida da Liberdad... O Local Avenida é o espaço mais recente da família Local-Your Healthy Kitchen, que abriu recentemente bem no centro de Lisboa, na Rua Rodrigues Sampai...
Chicco oferece carrinhos STROLL’IN’2 aos melhores clientes Quem fizer compras acumuladas no valor de 500€ nas lojas Chicco durante o mês de dezembro, receberá automaticamente o carrinho, no valor de 329,90€ A...
Passadeiras do centro da cidade de Torres Vedras adaptadas a invisuais Com o objetivo de melhorar a acessibilidade pedonal em Torres Vedras, as passadeiras para peões do centro da cidade foram adaptadas a invisuais. O pro...