Home | Moda | Porto recebe nova edição do Congresso Europeu de Joalharia

Porto recebe nova edição do Congresso Europeu de Joalharia

A Escola das Artes da Católica no Porto promove, na próxima quinta e sexta-feira, 29 e 30 de novembro, a nova edição do Congresso Europeu de Joalharia. Depois das passagens por La Bañeza (Léon), Madrid e Barcelona, a quarta reunião da conferência – que irá explorar ideias sobre centros e periferias e abordar a relação entre joias produzidas em “centros” da moda e joias produzidas em outros lugares – viaja até ao Porto. Durante dois dias, os oradores irão analisar a história e a estética da joalharia em toda a Europa e darão a conhecer, ainda, como a ourivesaria europeia influenciou e foi influenciada por artistas de todo o mundo.

A iniciativa – que se assume como um fórum para novas ideias e debates sobre a história da joalharia europeia – centra-se, igualmente, na análise da circulação de desenhos e motivos ornamentais entre países e períodos, no uso de novos materiais e diferentes técnicas. Aborda, ainda, a forma como as joias viajavam, através das fronteiras e continentes, transportadas pela realeza, diplomatas, mercadores ou eclesiásticos. Refira-se que o congresso decorre no Auditório Carvalho Guerra, no campus Foz da Católica no Porto.

À descoberta dos catálogos da Joalharia Europeia

Ainda no âmbito do IV Congresso Europeu de Joalharia, irá inaugurar às 19h30 a exposição “Mostrar para Seduzir: Catálogos e outros documentos da Joalharia Europeia”, na qual será possível descobrir diversos documentos originais, como faturas, catálogos e outros materiais gráficos. A exposição estará patente até 7 de dezembro, no átrio do Edifício de Restauro, no campus Foz da Católica no Porto. A este nível, refira-se que, no panorama da joalharia europeia dos finais do século XX e das primeiras décadas do século XX, os catálogos de casas comerciais ou de fábricas de joalharia representaram um meio de divulgação das tipologias de adornos, dos metais e das gemas empregues, bem como das correntes estéticas em que se inseriam.

A exposição – que conta com a curadoria de Gonçalo Vasconcelos e Sousa, professor da Escola das Artes – permitirá, assim, uma visita a estes materiais distintos, fontes incontornáveis para entender a joalharia europeia da Belle Époque e dos períodos adjacentes. Mais informação em http://artes.porto.ucp.pt/pt/central-eventos/29-nov-07-dez-exposicao-mostrar-para-seduzir.

Check Also

Oris x Zero Waste Lab juntos em projeto ambiental

No início de Julho, a marca de relógios de origem suíça Oris associou-se à Associação …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.