10 °C Lisbon, PT
2018-12-17

Vista Alegre lança De Natura do Projeto Artistas Contemporâneos

A Vista Alegre apresentou De Natura, a 19ª peça do Projeto Artistas Contemporâneos, uma criação de Pedro Cabrita Reis, numa edição limitada a 500 exemplares.

“Agradam-me as coisas que perduram no tempo”, afirma o artista plástico sobre a sua nova criação que vem com este lançamento enriquecer o património da Vista Alegre. Foi o gosto por aquilo que designa, com reservas, “artes decorativas”, plasmado em inúmeros e celebrados trabalhos de escultura e pintura, que levou Pedro Cabrita Reis, um dos maiores artistas portugueses contemporâneos (embora o próprio, avesso a ideias feitas, prefira classificar-se como “clássico”) a apropriar-se de uma forma do portefólio da Vista Alegre. Uma “tela” em cerâmica na qual pudesse, com um novo olhar, explorar um sentido primordial.

De Natura revela essa essência primeira, significada desde logo pelo nome em latim, língua fundadora, e sublinhada pela simplicidade da forma, em perfeita harmonia com o desenho em folha de ouro. Um elemento nobre recorrente na escultura que, aqui, em detrimento de ostentação, traduz universalidade, valor histórico e patrimonial, comum a inúmeras culturas e épocas.

O equilíbrio entre as linhas simplificadas, quase “austeras”, e o despojamento gráfico, de enorme vitalidade e pureza, afasta-nos de qualquer índole narrativa e coloca-nos no plano da natureza aquietadora. Um trabalho “decorativista no melhor sentido”, segundo o autor, exemplo feliz de arte combinatória e da fusão de um discurso íntimo com o património histórico e estético de uma marca secular. Iniciado em 2008, o projeto PAC lança anualmente duas edições especiais numeradas e limitadas, desenvolvidas por criadores reconhecidos nacional e internacionalmente. O processo de seleção dos artistas nesta coleção ímpar da Vista Alegre é escrupuloso e a concretização das mesmas é um procedimento extremamente complexo, que requer grande minúcia, de forma a respeitar plenamente a obra do autor na sua adaptação à arte em porcelana.

Pedro Cabrita Reis junta-se assim a Almada Negreiros, Eduardo Nery, Manuel João Vieira, Pedro Calapez, Joana Vasconcelos, Oscar Mariné, Nadir Afonso, Malangatana, Portinari, Armanda Passos, António Ole, Cruzeiro Seixas, José de Guimarães, Graça Morais, Roberto Chichorro, Júlio Resende, Manuel Cargaleiro e Martins Correia, os artistas consagrados que deram vida às outras peças inesquecíveis desta coleção única da Vista Alegre.

De Natura, de Pedro Cabrita Reis para o Projeto Artistas Contemporâneos, encontra-se disponível na rede de lojas nacional da Vista Alegre e na loja online. O seu preço é de 600 euros, numa edição limitada e numerada de 500 exemplares.

Recomendado para si

Vista Alegre lança Prémio Internacional de Ilustração em Porcelana A Vista Alegre instituiu o Prémio Internacional de Ilustração e Porcelana, cuja primeira edição está já em curso, numa parceria com a Tcharan Editora ...
Vista Alegre chega ao México em parceria com a marca de luxo Pineda Co... A Vista Alegre, marca portuguesa que soma quase duzentos anos de história e de experiência e saber acumulado em porcelana, cristal e vidro, chegou ao ...
Vista Alegre reinventa a iluminação em porcelana e cristal A Vista Alegre, uma das mais importantes e aclamadas marcas de porcelana, cristal e vidro manual do mundo, acaba de lançar uma inovadora coleção de il...
Vista Alegre reinventa arte vidreira em “Única” A Vista Alegre, marca portuguesa que acumula quase duzentos anos de história e de experiência e saber acumulado em porcelana, cristal e vidro, apresen...
Vista Alegre oferece prato marcador “Alma de Braga” ao Pre... Um prato marcador da coleção da Vista Alegre “Alma de Braga” foi oferecido ao Presidente da República pela centenária empresa de porcelana, cristal e ...
Vista Alegre galardoada com ouro e bronze nos European Product Design ... O design inovador e de excelência da Vista Alegre volta a ser reconhecido e galardoado internacionalmente, com Cannaregio, Hryb e os Copos de Bicos Bi...