7 °C Lisbon, PT
2018-12-17

Quinta dos Murças lança novas colheitas

As colheitas de 2017 do Quinta dos Murças Margem, Minas e Assobio acabam de ser lançadas. O Assobio reflecte o perfil das vinhas orientadas a Norte da Quinta dos Murças, enquanto o Quinta dos Murças Minas e o Margem expressam a diversidade dos 8 terroirs da Quinta dos Murças, marcados por diferentes altitudes, exposições solares e tipos de solos, pelas vinhas verticais e pela extensão de 3,2km de margem de rio.

Estes três vinhos são a expressão do ano agrícola de 2017, um ano atípico, extremamente quente e seco. Segundo o enólogo José Luís Moreira da Silva, “as uvas chegaram à adega concentradas, com fruta mais madura, mas como começámos a vindima muito cedo, ainda com a frescura e equilíbrio que sempre procuramos. Os taninos estão mais suaves e maduros, em relação às colheitas anteriores”.

O Quinta dos Murças Margem 2017 tem origem nas vinhas velhas mais próximas do rio Douro, onde a altitude é mais baixa e a orientação é a Sul e Oeste, o que se traduz na grande concentração e maturação das uvas. Este vinho tinto é a expressão desta concentração e proximidade com o rio, sendo produzidos apenas 5.500 litros. As uvas são pisadas a pé nos lagares de granito e estagia durante 9 meses em barricas usadas de 500 litros.

Pub

O Quinta dos Murças Minas 2017 é produzido com uvas de vinhas orientadas a Sul, onde se encontram cinco minas de água que permitem criar a identidade deste vinho tinto. Segundo o enólogo José Luís Moreira da Silva, essa identidade consiste no “equilíbrio entre a concentração e a frescura”. Os aromas de fruta mais fresca, a sua vivacidade e intensidade remetem para a sua vinha de origem. As uvas são pisadas a pé nos lagares de granito e estagia durante 9 meses em barricas de carvalho francês usadas e em cubas de betão.

O Assobio Tinto 2017, proveniente de vinhas, como as que se encontram orientadas a Norte na Quinta dos Murças, revela boa acidez, é um vinho elegante, menos concentrado e muito fresco. Segundo o enólogo José Luís Moreira da Silva, este vinho é “a expressão do Douro, nas suas cotas de maior altitude e frescura.” Produzido com base nas castas autóctones mais tradicionais da região – Touriga Nacional, Tinta Roriz e Touriga Franca.

  • Assobio Tinto 2017 | 75 Cl – P.V.P. Recomendado com IVA 7.49€
  • Quinta dos Murças Minas 2017 | 75 Cl – P.V.P. Recomendado com IVA 12€
  • Quinta dos Murças Margem 2017 | 75 Cl – P.V.P Recomendado com IVA 30€

Recomendado para si

Livro “Mamã, tenho Medo do Fogo!” da Chiado Kids chega às ... "Mamã, tenho Medo do Fogo!", com a chancela da Chiado Kids que vai ser apresentado este sábado, 15 de dezembro, às 14h45, no Auditório Municipal da Pa...
Cesta Doudou Passo a Passo dos Laboratórios LETI, para cuidar do bebé... Os Laboratórios LETI, especializados no cuidado da pele de toda a família, apresentam um novo produto da gama Baby Semabed, a ‘Cesta Doudou Passo a Pa...
Neste Natal a Makro deseja a todos “um bom cabaz” A Makro Portugal iniciou a sua campanha de Natal com o mote “Neste Natal desejamos a todos um bom cabaz”, campanha que decorrerá até 31 de dezembro. ...
Camaleon Cosmetics apresenta batons coloridos para inverno Após um verão cheio de cor, a marca espanhola de cosmética de cor, Camaleon Cosmetics, lança em Portugal uma nova gama de batons de inverno, os Basic ...
Passagem de Ano na Toca da Raposa Entre na toca e, ao som dos anos 70, com menu do chef Manuel Libeaut e cocktails da Raposa Silvestre, entre em 2019 a não querer sair da Toca…da Rapos...
Miradouro Amoreiras 360º Panoramic View ultrapassa os 100 mil visitant... Um miradouro é sempre um dos melhores espaços para observar as dinâmicas e paisagens de uma cidade. Há mais de dois anos, o Amoreiras Shopping Center ...