Home | Casa e Decoração | Electrodomésticos | Artigos de opinião | “Os novos perfis e tendências de recrutamento no setor de retalho.”

“Os novos perfis e tendências de recrutamento no setor de retalho.”

O retalho é, sem dúvida, uma área dinâmica onde a crescente evolução tecnológica traz consigo, não só um grande leque de oportunidades, mas também inúmeros desafios no setor do recrutamento.

Num mundo digital onde a experiência da compra tem ganho novos contornos junto dos consumidores, começam a observar-se novos perfis e tendências de recrutamento neste sector. Por um lado, assistimos a uma crescente procura de perfis estratégicos orientado para a área digital como o E-Commerce e Marketing Digital e, por isso uma grande oportunidade para os profissionais destas áreas. Estes perfis revelar-se-ão imprescindíveis para marcar a presença das marcas no contexto online. Por outro, começa a existir, por parte das empresas de retalho, a necessidade de “reciclar” o conhecimento dos seus colaboradores na área do digital. É aqui que a formação começa a ganhar um carácter cada vez mais premente na hora de preparar e enquadrar estes profissionais na nova era digital do setor.

Paralelamente a estas duas realidades, assistimos a uma maior exigência dos perfis por parte das empresas deste sector, nomeadamente em funções operacionais. Hoje em dia um Gerente de Loja tem de reunir uma panóplia de competências que fazem dele uma peça fundamental para o desenvolvimento do negócio. Para além da gestão de equipa e de produto, estes perfis têm de demonstrar grande capacidade analítica em prol da rentabilidade da loja.

Subjacente a estas competências técnicas assistimos a uma valorização de soft skills como resiliência, adaptação à mudança e orientação para o cliente. A profissionalização destas funções também começa a ser uma tendência cada vez maior na hora de recrutar, sendo a formação académica uma forte aposta para ingressar neste sector. Não são só as empresas que estão mais exigentes nos processos de recrutamento. Na hora de escolher um novo desafio profissional, os próprios candidatos começam a inteirar-se das oportunidades que existem no mercado, exigindo não só melhores condições salariais, como outro tipo de benefícios como formações, flexibilidade de horários e seguros de saúde. Fatores como a progressão, os planos de carreira e o próprio ambiente de trabalho também são fatores decisivos na hora da mudança. É aqui que emerge a necessidade de realizar processos de recrutamento rápidos e claros, de forma a não se perderem talentos para outras empresas, uma vez que muitas vezes os candidatos se encontram em vários processos de recrutamento em simultâneo. Com a chegada de novos players ao mercado português, espera-se um aumento na procura de perfis de responsável de loja, responsável de secção e chefes de departamento. A reestruturação das equipas também será uma grande aposta deste sector. É neste mercado competitivo e específico que os profissionais devem ter um sentido analítico e de estratégia, aliado à capacidade de trabalhar com os vários elementos da respetiva equipa.

Check Also

Swarovski apresenta a nova Eyewear Collection 2019

Incorporando os mais recentes designs, linhas puras e uma paleta de cores apelativa, a coleção …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.