Home | Alimentação e bebidas | Restauração | Sauvage: o novo restaurante que promete trazer a Floresta Amazónia

Sauvage: o novo restaurante que promete trazer a Floresta Amazónia

Sauvage é o nome do novo restaurante que acaba de abrir em Lisboa com a promessa de trazer a Floresta Amazónica até à capital. Com um conceito fine dining, que alia o sabor de pratos multiculturais de referência ao melhor da cozinha tradicional portuguesa, o espaço prima por um ambiente descontraído e uma oferta gastronómica de outro mundo.

Situado no Campo Pequeno, o Sauvage abre as suas portas para transportar os seus clientes para um universo distante da cidade. Um lugar exótico, rico em biodiversidade, onde as diferentes cores, sabores, aromas e texturas predominam e são os verdadeiros responsáveis pela convivência.

Na carta, que oferece mais de 30 opções, não faltam sugestões capazes de deixar água na boca e nada no prato. Para entrada sugere-se o Taco de porco, dois crocantes tacos recheados com carne de porco desfiada, alface romana e molho barbecue, o Nigiri de pato fumado, quatro unidades de nigiri de pato fumado com ervas secas e um doce molho teriyaki de laranja, e o Foie Gras, acompanhado por um generoso pão de focaccia e coberto por uma espuma de café. Nos pratos principais destacam-se o Lombo de bacalhau lascado, com ketsiap de tomate, cebolada, gelatina de salsa e umas deliciosas batatas à portuguesa, e o suculento Magret de pato, com puré de raiz de salsa, cenoura caramelizada, couve romanesca e molho de laranja e brandy. Passando para as sobremesas, poderá optar-se, entre muitas outras, pela reinventada Mousse de chocolate, com creme mascarpone e nougat de amendoim, e a deliciosa Panna cotta de chocolate branco, com coulis de frutos vermelhos e zest de laranja caramelizada.

E como uma refeição não está completa sem a bebida, o restaurante apresenta não uma, mas 12 propostas de cocktail bem refrescantes, da sua autoria. Dos clássicos aos mais contemporâneos, todos têm o toque sauvage do espaço, destacando-se o King Kong, uma margarita com yuzu, o Serpiente Dorada, um pisco sour de manga, e o Mowgli, um cocktail de morango muito apreciado pelo público feminino.

Além do jantar à carta, no qual o valor médio de uma refeição ronda os 25€, o Sauvage disponibiliza, de segunda a sexta-feira, um menu de almoço (10€) – composto por um prato de carne ou peixe preestabelecidas pelo chef, uma bebida e um café – e um menu executivo (15€) – que inclui um prato de carne ou peixe preestabelecidas pelo chef, uma sopa ou sobremesa, uma bebida e um café – mais acessíveis e igualmente saborosos, que podem ser degustados na esplanada do restaurante, aberta unicamente à hora de almoço.

O Sauvage tem capacidade para 84 pessoas sentadas, 60 no espaço interior e 24 na esplanada, e está aberta de segunda a quinta-feira, das 12h00 às 15h30 e das 19h00 às 00h00, sexta-feira das 12h00 às 15h30 e das 19h00 à 01h00, e sábado, das 12h30 às 16h00 e das 19h00 à 01h00.

Check Also

LPR Portugal fecha contrato de cinco anos com a Lactogal

A LPR Portugal anuncia ao mercado o concretizar do acordo que permitiu ao operador de …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.