Home | Moda | MANGO reduz cerca de 4 milhões de litros no consumo de água

MANGO reduz cerca de 4 milhões de litros no consumo de água

8% da coleção de calças de ganga da coleção de primavera/verão 2019 tem características sustentáveis e marca prevê o aumento da percentagem até mais de metade na próxima estação

O mundo está num processo de mudança e a Mango também. A empresa introduziu novas técnicas na produção das suas calças de ganga da estação de primavera/verão 2019, com as quais conseguiu reduzir até 10 litros de água consumida por peça. Em modelos como o Boy e Straight o consumo de água foi reduzido até aos 16,5 litros.

Com o objetivo de continuar a apostar numa moda comprometida com o meio ambiente, a Mango analisou a pegada hídrica (o volume de água despendido na sua produção) de uma das suas calças de ganga mais típicas e verificou que a produção de algodão e os processos de acabamento representavam 90% do consumo de água.

Perante este facto, a empresa, em colaboração com especialistas na matéria, desenvolveu duas iniciativas: por um lado, a introdução da tecnologia ECOWASH, pela empresa Jeanologia, que ajudou a reduzir o consumo de água, energia e produtos químicos; por outro lado, a incorporação do algodão BCI (Better Cotton Initiative) nas peças, que defende o uso de técnicas de cultivo de algodão sustentáveis, diminuindo o consumo de água e os produtos químicos, o que garante a segurança e a saúde dos trabalhadores. Além disso, a marca recorre também ao algodão orgânico, o que reduz o consumo de água durante o cultivo, e ao algodão reciclado, o que contribui para uma economia circular.

Com a aplicação destas melhorias, a Mango conseguiu que 38% da sua coleção de calças de ganga desta estação tenha características sustentáveis. Para a próxima estação de outono/inverno 2019, prevê-se que mais de metade da produção de calças de ganga seja já sustentável.

MANGO Committed

A marca lança a nova coleção da Mango Committed, uma seleção de modelos amigos do meio ambiente. A Mango tem vindo a desenhar esta cápsula de peças criadas com tecidos reciclados e a partir de fibras sustentáveis desde 2017.

Linho simples e uma gama de cores suaves definem a estética destas peças confecionadas com tecidos como a viscose e o algodão orgânico. A estampagem de vestidos e macacões fluidos dá à coleção uma personalidade especial, pois inspira-se na natureza.

A coleção Committed PV19 também foi criada com algodão com certificado BCI e novas tecnologias, bem como com fibras sustentáveis. A LENZING REFIBRA criou aGREENCEL, uma fibra natural e 100% biodegradável que vem de árvores e em cuja produção não se utilizam compostos tóxicos, e a nova TENCEL Lyocell, uma fibra criada com restos de algodão, procedentes de outros processos de confeção, e com celulose de madeira. O uso de fibras amigas do meio ambiente reduz o impacto na Terra.

MANGO Take Action
A MANGO continua também com o seu projeto SECOND CHANCES, uma série de contentores de reciclagem de roupa e calçado situados em lojas físicas. As peças que são recolhidas destinam-se à reutilização local (52%), à reutilização internacional (10%), à reciclagem para novas funções (20%) e à valorização energética (18%).

O desejo de continuar a criar moda responsável fez com que a MANGO assumisse o objetivo de aumentar a percentagem de fibras sustentáveis e que se comprometa a que, em 2022, 50% do seu algodão apoie o uso sustentável desta fibra. 

Check Also

MARCIANO for GUESS apresenta a campanha da coleção outono 2019

A campanha para o outono 2019 da MARCIANO for GUESS surge num conjunto de imagens …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.