Home | Tecnologia | OLX “desempata a vida” da comunidade surda

OLX “desempata a vida” da comunidade surda

O OLX e o SERVEiiN apresentam desde segunda-feira, dia 3 de junho, um serviço de vídeo-interpretação para que os clientes com incapacidade auditiva possam colocar todas as questões sobre os serviços OLX. Esta parceria contribui para a igualdade de acesso aos serviços da plataforma pela comunidade, reforçando desta forma os valores de sustentabilidade e de responsabilidade social da marca.

Este é um passo muito importante para o OLX que ao disponibilizar o atendimento através da SERViiN, pretende quebrar barreiras comunicacionais entre a comunidade surda e a comunidade ouvinte. Andreia Pacheco, Brand Manager do OLX, refere que “Com o nosso novo posicionamento “desempata a vida” queremos simplificar a vida dos nossos clientes e ser mais customer centric e customer hapiness, desempatando, lá está, as suas vidas. Queremos continuar a encontrar as soluções que vão de encontro com as suas necessidades, de forma a entender e a suportar o maior número de clientes.”

O serviço disponibilizado através da SERViiN é muito intuitivo e em “real time”, uma vez que os intérpretes do portal recebem a videochamada do cliente e contactam o OLX no momento, fazendo a ponte entre os dois de forma a facilitar e a agilizar a comunicação, ajudando-o com a sua questão.

Para efetuar uma chamada basta ligar (videochamada) gratuitamente através do portal do cidadão surdo http://www.portaldocidadaosurdo.pt/ , efetuar a videochamada pelo telemóvel ou smartphone para o Nº12472 (1 cêntimo/minuto) ou contactar a “Serviin-Intérprete LGP” via Skype.

O serviço estará disponível das 8h às 23h, de segunda a sexta, incluindo feriados.

Check Also

Espanha acolhe o primeiro evento internacional dedicado ao turismo espacial e subaquático

Nos dias 23 e 24 de setembro, os días do equinócio de outono, Marbelha será …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.