Home | Serviços Vários | Residências ORPEA Desenvolvem manifesto de Bons Tratos

Residências ORPEA Desenvolvem manifesto de Bons Tratos

Para valorizar os direitos dos seus residentes, o grupo ORPEA desenvolveu um vídeo que promove o poder de decisão e a capacidade que cada indivíduo tem de decidir como deve e quer viver.

Os profissionais do grupo estão comprometidos e preparados tendo como base a cultura de bons tratos que rege a atividade da marca no seu quotidiano de trabalho.

Por ocasião da comemoração, do dia Internacional de Sensibilização sobre a Prevenção da Violência Contra as Pessoas Idosas no dia 15 de junho, o grupo ORPEA, que se apresenta como líder europeu nos cuidados a dependentes e referência nos cuidados a seniores, lembra a importância de prestar bons cuidados em ambiente residencial.

“Para os profissionais das Residências ORPEA, é uma prioridade que todos os que chegam a um dos nossos centros e as suas famílias recebam um atendimento da mais alta qualidade. Para isso, desenvolvemos há anos um programa abrangente baseado em bons tratos, que inclui desde a promoção do envelhecimento ativo até atividades destinadas a promover a sua autonomia e independência, através da formação contínua dos profissionais”, explica Victoria Pérez, Diretora Sanitária da ORPEA Portugal e Espanha.

Dada a sua importância, o grupo ORPEA desenvolveu o “Manifesto de Bons Tratos” para os seus residentes no momento da sua admissão em qualquer um dos seus centros. Nele, os residentes são informados sobre os seus direitos, a fim de lhes proporcionar um cuidado integral, físico, emocional e social de qualidade.

Para melhorar ainda mais o bom tratamento e a dignidade dos seniores no ambiente residencial, o Grupo ORPEA desenvolveu um vídeo que visa contribuir para a divulgação dos direitos dos seniores e defender a sua capacidade de decidir como devem e querem viver.

“Estamos comprometidos com a cultura de bons tratos e trabalhamos com os princípios éticos que garantem o bem-estar e a qualidade de vida dos nossos residentes. O objetivo do vídeo é, portanto, mostrar de forma clara e direta as ferramentas e habilidades a colocar em prática todos os dias para o bom tratamento dos residentes, das suas famílias e de todas as pessoas com quem vivem”, ressalta Victoria.

Da mesma forma, os profissionais das Residências ORPEA são continuamente formados na cultura de bons tratos, que predomina e marca o seu trabalho diário. Nesse processo, os gostos e preferências dos residentes são valorizados, pois cada pessoa é particular, única e irrepetível.

Manifesto de Bons Tratos:

O Grupo ORPEA considera essencial que cada indivíduo saiba quais são os seus direitos quando entram num dos seus centros. Estes são compromissos assumidos pelos residentes, pelas suas famílias e trabalhadores:

  • “Você é importante, deixe que os outros saibam disso” – As residências ORPEA esforçam-se para conhecer os gostos, hobbies e preferências da pessoa idosa para dar-lhes a atenção que merecem. Uma equipa multidisciplinar reúne-se com o indivíduo e a sua família, a fim de elaborar em conjunto o seu projeto de vida, que é baseado nas suas necessidades e é revisto periodicamente. Desta forma, o residente continua a ser o protagonista do seu desenvolvimento vital e mantém os seus interesses ativos.
  • “Você escolhe, você decide” – O residente pode escolher entre diferentes atividades propostas por cada residência e decidir como quer decorar o seu quarto, o que quer comer, a roupa que quer vestir, apenas para dar alguns exemplos. Em relação aos seus cuidados, pode conversar e indicar aos médicos como deseja ser cuidado caso a sua saúde piore.
  • “Cuide da sua saúde (ginástica, oficina de memória…) – ”A saúde e o bem-estar são objetivos prioritários. As residências ORPEA possuem serviço médico, enfermagem, fisioterapia e terapia ocupacional. No entanto, o residente pode e deve expor qualquer dúvida sobre a sua saúde
  • “Conecte-se com o mundo” – Todos os profissionais concordam em enfatizar a importância de o residente ficar em contato com os seus entes queridos e com o mundo ao seu redor. A residência é agora a sua casa e o grupo ORPEA oferece todas as comodidades para que possam receber visitas, ligar-se à Internet, ler a imprensa, ver televisão, ouvir rádio, etc.
  • “Não pare de aprender” – Vivemos num mundo em constante mudança e portanto, incentivamos a aprendizagem contínua. Para isso, desenvolvemos programas de atividades para que os residentes possam desenvolver os seus hobbies, aprender sobre novas tecnologias e até fazer novos amigos. Além disso, organizamos reuniões para treinar e informar os familiares e residentes sobre como lidar com situações decorrentes de doenças como a doença de Alzheimer.
  • “Participe, sua opinião conta” – A opinião dos residentes conta e muito. Portanto, cada centro tem diferentes forma de reunir as suas opiniões e sugestões.
  • “Reivindique os seus direitos” – Os residentes têm o direito de ter os recursos e serviços adaptados à sua situação e não o contrário. E para que isso aconteça, cada residência ORPEA coloca à sua disposição uma equipa de profissionais que são continuamente preparados na prática dos bons cuidados.
  • “Defenda o seu direito de viver mais e melhor” – Cada residência ORPEA está à disposição do residente para garantir o seu bem-estar, respeito e dignidade. Para isso, aconselha e acompanha cada indivíduo, caso de ele não conseguir decidir por si mesmo.
  • “Pergunte e ouça” – Cada residência ORPEA convida os seus residentes a expressarem como querem ser atendidos, mas também sugere que eles ouçam e tenham em consideração a opinião dos profissionais que os atendem.
  • “Identifique, aja e indique” – Se o residente detetar algum cuidado inadequado, o grupo ORPEA coloca à sua disposição ferramentas para comunicá-lo. Imediatamente, as medidas necessárias serão postas em prática para resolvê-lo. Em situações como esta a tolerância é zero.

“Os bons tratos são os hábitos que regem o nosso dia-a-dia, que respondem a três princípios: excelência, humanidade e um serviço com atitude. Embora o projeto vital pertença a cada residente, nós vigiamo-lo, acompanhamo-lo e orientamo-lo para que ele viva plenamente”, conclui Victoria Pérez.

Check Also

Nielsen revela as 25 maiores inovações no mercado europeu

A Nielsen BASES, área de análise de inovação de produto, revelou a sua mais recente …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.