Home | Alimentação e bebidas | Cervejeiros de Portugal celebram o Dia Internacional da Cerveja

Cervejeiros de Portugal celebram o Dia Internacional da Cerveja

Nesta sexta-feira, 2 de agosto, é tempo de reunir os amigos e brindar ao Dia Internacional da Cerveja. A efeméride, comemorada na primeira sexta-feira de agosto de cada ano, começou por ser uma celebração local, em 2007, quando um grupo de amigos da Califórnia instituiu a data comemorativa com o objetivo de saborear cerveja em boa companhia e enaltecer aqueles que a produzem e servem. Hoje, a ocasião é já um evento mundial, com mais de 50 países a assinalarem neste dia a paixão pela cerveja.

Em Portugal, os Cervejeiros de Portugal associam-se também a esta efeméride. “Além de um bom pretexto para conviver e degustar cerveja, sempre de forma responsável, o Dia Internacional da Cerveja é também uma oportunidade para recordar o dinamismo e a importância do setor cervejeiro para a economia do país. Esta efeméride não é ocasional, ora não fosse agosto um mês que acelera o seu consumo e a sua celebração”, sublinha o Secretário-Geral dos Cervejeiros de Portugal, Francisco Gírio.

Em 2018, os portugueses consumiram 69% de cerveja no canal Horeca, um dado que revela a apetência dos consumidores portugueses pelo consumo fora de casa, sobretudo em atividades de lazer, associado às refeições e à convivialidade nas esplanadas e cafés. Somos o país nº1 em termos europeus no consumo societal fora de casa. E a bebida mais apreciada pelos portugueses! Saúde!

Apesar de por vezes não ser evidente na opinião pública, é importante salientar que mais de 98% dos portugueses consomem cerveja ao verdadeiro estilo da dieta mediterrânica, ou seja de forma moderada e responsável. Por outro lado, o consumo irresponsável e excessivo, apesar de muito inferior à média europeia, é um problema que todos os setores de bebidas alcoólicas combatem e de forma ativa estabelecem parcerias com as entidades, públicas e privadas, que verdadeiramente se preocupam com a minimização do consumo irresponsável entre maiores de idade e a prevenção de práticas menos saudáveis através da formação e educação.

Não é por isso de estranhar que, uma tendência atual do setor resida na aposta nos segmentos da cerveja sem álcool e da cerveja com baixo teor de álcool, que respondem às exigências do consumidor de hoje que pretende associar novas experiências de consumo a um consumo responsável e a escolhas mais saudáveis. De facto, as cervejas sem álcool assumem-se mesmo como a nova tendência do mercado europeu e são um segmento com grande potencial de crescimento.

Outra tendência atual do mercado é a proliferação e adesão dos portugueses à diversidade das cervejas produzidas de modo artesanal. Com centenas de variedades, cores, sabores e texturas para todos os gostos, a cerveja é uma das bebidas mais consumidas no mundo. Em Portugal, o setor contribui com 80 mil postos de trabalho diretos e indiretos e gera mais de mil milhões de euros por ano, assente numa cadeia de valor quase totalmente nacional.

Check Also

U.M.I Apresenta Menu de Degustação Livre

A partir desta semana, o restaurante de gastronomia japonesa U.M.I, recentemente inaugurado no Parque das …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.