Home | Lazer | Música | Concertos | Orquestra Filarmónica da China pela 1ª vez em Portugal

Orquestra Filarmónica da China pela 1ª vez em Portugal

A Orquestra Filarmónica da China faz a sua estreia em Portugal no próximo dia 20 de outubro, domingo, às 17:00, na Aula Magna, em Lisboa, com um concerto único e gratuito dirigido pelo reputado maestro Huang Yi, no âmbito das comemorações do 40º aniversário do Estabelecimento das Relações Diplomáticas entre Portugal e a República Popular da China.

O icónico concerto contará com a participação do pianista Tony Siqi Yun, um talento emergente distinguido pela Pianist Magazine como “um verdadeiro poeta”. Nascido no Canadá em 2011, Tony já conquistou prémios importantes como a medalha de ouro da China International Music Competition. Tony tem acompanhado Orquestras famosas como a Philadelphia Orchestra e a Cleveland Orchestra. A solo, apresentou-se na famosa Salle Cortot, em Paris, e no Steinway Hall, em Nova Iorque. Atualmente, estuda composição e direção de Orquestra na Julliard School.

Huang Yi é um dos mais icónicos Maestros Chineses. Lidera a Orquestra Sinfónica da Companhia Nacional de Bailado da China e a Orquestra Sinfónica Kunming Nie’er. Nascido em 1986, Huang Yi estudou no Conservatório Central de Pequim com os Professores Yang Li e Yu Feng. Em 2011, rumou à Alemanha para estudar no Musik “Hanns Eisler” Berlin com os Professores Christian Ehwald e Hans-Dieter Baum.

Huang Yi já dirigiu prestigiadas Orquestras, como por exemplo: Konzerthausorchester Berlin, Frankfurt Symphony Orchestra, Brandenburg Symphony Orchestra, Seiji Ozawa Ongaku-Juku Symphony Orchestra, Hong Kong Philharmonic Orchestra, Shanghai Symphony Orchestra e Guangzhou Symphony Orchestra.

Fundada em Pequim em 2000, a Orquestra Filarmónica da China é uma das mais aclamadas orquestras asiáticas e a mais reconhecida embaixadora da música chinesa no contexto global. A Orquestra é liderada pelo famoso Maestro Long Yu, que já dirigiu a Orquestra Sinfónica de Chicago, Orquestra de Filadélfia, Orquestra Rundfunk-Sinfonieorchester Berlin, entre outras.

Apontada como uma das orquestras sinfónicas mais jovens e dinâmicas da China, criou o seu próprio estilo através de amplo envolvimento artístico. A Orquestra conquistou nos últimos catorze anos a atenção da China, mas também além fronteiras. É apontada como um exemplo do potencial de renovação cultural e do boom económico chinês.

O concerto em Portugal insere-se numa tour Mediterrânica que a Orquestra Filarmónica da China está a fazer e que passará por cidades como Atenas e Madrid.

Check Also

Parque Nascente decora o centro comercial com materiais reciclados

Na próxima visita ao Parque Nascente, gerido pelo grupo Klépierre em Portugal, os clientes vão …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.