Home | Alimentação e bebidas | Slow Turismo mostra petiscos e vinhos portugueses a parisienses

Slow Turismo mostra petiscos e vinhos portugueses a parisienses

Portugal vai a Paris promover um turismo… slow. É com o pão de ló, os doces conventuais, as bolachas e biscoitos, os queijos, o mel e as compotas, os licores, os fumeiros e enchidos, as fogaças e os vinhos, entre muitos outros produtos, que o País, pela primeira vez representado de Norte a Sul, vai ao encontro dos parisienses, a um dos pontos de encontro mais esperados do ano: a Fête des Vendanges, em Montmartre, de 11 a 13 de outubro. Os municípios da Comunidade Intermunicipal do Tâmega e Sousa, a Comunidade Intermunicipal do Oeste, Palmela, Guarda, Torres Vedras, Reguengos de Monsarraz, Pinhel, Lagoa, Albufeira, Lagos, AMPV – Associação dos Municípios Portugueses do Vinho, RECEVIN – European Network of Wine Cities e a Confraria do vinho de Carcavelos formam a maior presença de sempre, no terceiro ano consecutivo de participação nacional, com a organização da My Genuine Portugal, empresa de duas luso descendentes, Ana Sofia Oliveira e Dina Carvalho Sanches.

Portugal vai estar representado no Percurso do Gosto, com quase 100 metros quadrados, mesmo em frente à Basílica do Sacre Coeur, entre os mais de 1200 metros quadrados de expositores que procuram cativar os mais de 500 mil visitantes que o evento movimenta, que o tornam um dos mais emblemáticos de gastronomia e vinhos de Paris. Provas, degustações e venda de produtos, vão preencher o fim-de-semana em Montmartre.

“É a primeira vez que temos uma representatividade tão completa do nosso país na Fete des Vendanges! São 10 municípios e duas Comunidades Intermunicipais, que tornam a presença portuguesa a maior de sempre, reforçando a importância deste mercado, em geral, e deste evento, em particular, para a promoção do nosso país”, adianta Ana Sofia Oliveira. Para Dina Carvalho Sanches “a aposta na promoção dos produtos premium do nosso país tem-se revelado ganha”. “Quando há três anos abraçamos o desafio de mostrar aos parisienses o outro lado de um país desconhecido estávamos certas que não iriam resistir e é com muito agrado que percebemos que há recetividade de Paris e que os nossos parceiros de Portugal aderem com afinco a estas ações de contacto direto com os franceses”, acrescenta.

Esta ação da My Genuine Portugal integra-se na estratégia do Turismo de Portugal para o mercado francês que quer alargar o leque de opções e encaminhar os franceses para fora dos grandes centros urbanos, a partir da gastronomia e dos vinhos. Paris é a principal cidade emissora de turistas franceses para Portugal, juntamente com Lyon e Nantes. Em 2018, o mercado foi responsável por 1,6 milhões de hóspedes, 4,5 milhões de dormidas e 2 726 milhões de euros de receitas turísticas. Prevê-se que até 2021 o mercado para Portugal cresça mais 2,2% acompanhado de igual aumento nos gastos turísticos. De França saem por semana 620 voos para Portugal.

Check Also

Nespresso traz de volta as edições limitadas de café italiano

A Nespresso traz de volta as suas edições limitadas de café italiano: Tribute to Milano …

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.