Emanuel lança videoclipe para campanha da PSOPortugal

“Tens direito a ser feliz – PSO Música” é a mensagem de Emanuel que se associou à da PSOPortugal – Associação Portuguesa de Psoríase. O músico inspirou-se na sua relação com familiares próximos que vivem com psoríase para escrever um hino de esperança e perseverança. Emanuel quer motivar os doentes com psoríase a procurar a felicidade a que têm direito, através do tratamento eficaz.

“A melhor inspiração para esta campanha foi a realidade. Convivo de perto com esta doença há muitos anos, através de familiares próximos e sei o quão desafiante pode ser, a nível psicológico e físico”, afirma Emanuel. “Por isso quero passar uma mensagem de motivação e esperança, relembrando que a felicidade pertence a todos, é um direito para toda a vida, independentemente da condição.”

Estima-se que mais de 200 mil pessoas em Portugal convivem com a psoríase, uma doença sistémica, inflamatória, crónica, que se manifesta sobretudo na pele e tem consequências diretas na auto-estima dos doentes. Podendo manifestar-se em qualquer idade, é comum surgirem sintomas entre os 15 e os 35 anos.

Para os doentes é comum a sensação de impotência e resignação face à patologia e à convivência com as lesões, associada à desmotivação relativamente ao tratamento. O Emanuel e a PSOPortugal pretendem contrariar estes sentimentos e motivar os doentes a não desistir de procurar tratamento. Porque apesar de ainda não existir cura para a psoríase, existem tratamentos eficazes que permitem alcançar uma pele limpa de lesões – e uma pele limpa não é uma pele quase limpa.

A música “Tens direito a ser feliz” é apresentada em todos os espetáculos do cantor e pretende gerar uma mudança de comportamento, levando à procura ativa do tratamento. Pretende também, por outro lado, sensibilizar a sociedade portuguesa para a psoríase.

Check Also

Mugler lança Alien Hypersense Eau de Parfum: O Renascimento Radical de Alien

Mugler, a icónica marca conhecida pela sua ousadia e inovação, tem o prazer de anunciar …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.