Neste Halloween milhares de crianças vão decorar e cozinhar abóboras contra o desperdício alimentar

Chegou o desafio mais assustador de sempre: decorar uma abóbora manteiga, produzida em Portugal, torná-la na mais terrorífica desde Halloween e a seguir utilizar o seu interior para preparar uma deliciosa e apavorante receita, como forma de combater o desperdício alimentar. Quem lançou o desafio foi a Love Butternut, associação de produtores de abóbora, a 3400 alunos do pré-escolar e primeiro ciclo. O objetivo da campanha é valorizar este vegetal nacional, impulsionar o seu consumo e combater o desperdício alimentar.

Entre os dias 17 e 24 de outubro, as milhares de crianças inscritas, de cerca 45 escolas diferentes, vão pintar e decorar abóboras portuguesas nas salas de aula, juntamente com os seus professores, sendo depois desafiadas a utilizar a mesma abóbora para confecionar uma receita deliciosa de biscoitos assustadores. As variedades da família butternut são as mais indicadas para pintar e comer devido ao tipo de pele, que é dura e impermeável, o que permite que as crianças a decorem, com qualquer tipo de material, sem que a sua polpa seja contaminada.

Em simultâneo, e a partir de casa, os mais pequenos também podem participar neste desafio com a ajuda dos pais. Até ao dia 6 de novembro, as abóboras butternut, produzidas em território nacional, vão estar à venda nos principais hipermercados e supermercados com uma etiqueta especial que desafia os consumidores a participar no concurso “A abóbora mais terrorífica”. Basta ler o QR Code e enviar uma fotografia deste alimento decorado da forma mais assustadora possível.

No fim, todas as abóboras vão a concurso e a que conseguir aterrorizar o júri neste Halloween ganha quatro bilhetes para a Isla Mágica. O grande vencedor é anunciado no dia 9 de novembro.

As doçuras e travessuras não ficam por aqui e, no próprio dia 31 de outubro, no Festival Nacional de Gastronomia de Santarém, vai haver também um concurso direcionado para as escolas deste concelho. As abóboras melhor decoradas prometem aterrorizar o mais antigo festival gastronómico do país. Sendo que, a que melhor cumprir esse papel, será eleita pelo júri como a grande vencedora e o aluno que a decorou será premiado com um vale de oferta para a experiência Dormindo com Tubarões no Oceanário de Lisboa.

No festival haverá também um showcooking de biscoitos terroríficos, com Rodrigo Castelo e Mimi Castelo, destinado a todos os participantes.

A Love Butternut é uma associação que une produtores de abóbora portugueses e espanhóis e tem como missão promover o consumo deste vegetal, as suas propriedades para a saúde e a sua versatilidade na cozinha.

Portugal é o terceiro maior produtor de abóbora da Europa, logo atrás de Espanha e França. O volume de produção é de 60 mil toneladas e 90% da abóbora butternut é destinada à exportação.

Check Also

Burger King® apresenta o Whopper®, Mais Whopper® Que Nunca

O Burger King® lançou o Whopper® há quase 70 anos com uma receita de sabor …