250 latas de sardinha portuguesa deram a volta ao mundo na Golden Globe Race

Sem paragens e sem qualquer ajuda técnica, o velejador austríaco Michael Guggenberger, também conhecido como Capitão Gugg“, regressou da “Golden Globe Race”, depois de dar a volta ao mundo em 249 dias. Sozinho, a bordo também estavam 250 latas de sardinha da marca de culto NURI e best-seller da Pinhais, símbolo incontornável da indústria conserveira nacional. As famosas latas amarelas acompanharam o navegador, no seu barco “NURI”, e estarão brevemente disponíveis numa edição limitada, na loja online, Museu-Vivo, em Matosinhos, e Loja de Viena, a partir do dia 2 de outubro.

O capitão Gugg, de 45 anos, foi o primeiro austríaco a dar a volta ao mundo sem ajuda técnica e foi celebrado como o terceiro classificado da “Golden Globe Race”, uma regata sem escalas à volta do mundo e sem recurso a qualquer tecnologia. Durante a viagem ele contou apenas com recursos próprios e dependia de alimentos nutritivos e duradouros.

A refeição diária do velejador, durante os 249 dias, consistia principalmente em sardinhas NURI com pão, sendo a comida preferida do capitão.  Para além das conservas destinadas ao consumo, outras 250 deram a volta ao mundo com o capitão Gugg. Estas latas especiais estão agora disponíveis como edição numerada individualmente para todos os amantes de conservas de sardinha.

Embalada numa caixa de oferta de alta qualidade, esta é uma oportunidade única e irrepetível de adquirir uma edição especial, que inclui um mapa mundo ilustrativo da rota navegada, uma carta pessoal de Jakob Glatz, proprietário da NURI, e um certificado assinado pelo Capitão Gugg e por Sir Robin Knox Johnston, vencedor da 1ª corrida efetuada nos anos 60. Cada uma das latas únicas é numerada à mão e custa 249 euros, o mesmo valor relativo aos dias em que o Capitão Gugg navegou à volta do mundo. A edição limitada estará disponível na loja online , Museu-Vivo e Loja de Viena, a partir do dia 2 de outubro.

Sozinho, sem parar e sem qualquer ajuda externa

A “Golden Globe Race” iniciou-se com 18 velejadores de várias nações distintas que navegaram 30.000 milhas, sem escalas, sozinhos e sem ajuda externa. A 12 de maio de 2023, Michael Guggenberger regressou da sua impressionante aventura na costa atlântica francesa, em Les Sables d’Olonne, enquanto alguns dos seus colegas concorrentes tiveram de desistir durante a corrida.  Sozinho e sem qualquer paragem, esta regata contrasta com as corridas oceânicas modernas e remonta à era de ouro da navegação a solo.  Esta realidade é similar ao próprio método de produção tradicional da Pinhais, um processo maioritariamente manual, sendo a NURI 100% artesanal e embalada à mão. 

Por uma boa causa

Ao comprar uma das 250 latas, terá acesso a uma conserva de peixe que fez uma viagem única e irrepetível, e ao mesmo tempo, dá um importante contributo. Parte das receitas serão destinadas ao projeto de vela Mirno More”, que apoia jovens socialmente desfavorecidos em todo o mundo. Fundado em 1994, o projeto promove a tolerância, a integração, a inclusão e a convivência harmoniosa. Desde 2006, a frota é organizada sob a forma de um rali em que participam pessoas de diferentes grupos sociais, órfãos de guerra e crianças refugiadas. Ao navegarem juntos durante uma semana, os objetivos comuns são alcançados de forma eficiente e sustentável. A Frota da Paz mostra como a navegação pode ser não só uma experiência desportiva e cultural, mas também um símbolo forte para uma melhor convivência.

Check Also

Burger King® apresenta o Whopper®, Mais Whopper® Que Nunca

O Burger King® lançou o Whopper® há quase 70 anos com uma receita de sabor …