4 elementos-chave para os negócios em 2023

Estes últimos dois anos têm sido bastante atribulados para as empresas por motivos que são do conhecimento de todos. A maioria dos negócios enfrentou, e enfrenta, pesados desafios e não há abrandamento à vista para 2023.

Assim, em 2023, as empresas terão de lidar, não só enormes desafios económicos, mas também com os constantes avanços tecnológicos. É, portanto, mais do que nunca, importante que os negócios apelem à resiliência e capacidade de se desenvolverem, para superarem todos os obstáculos que se avizinham no próximo ano.

1. Visibilidade da sua marca

Com cada vez mais concorrência num mercado também cada vez mais global, é crucial para uma marca saber se destacar perante a concorrência. O simples facto das suas embalagens de cartão não se destacarem de alguma forma perante a concorrência, leva uma marca a arriscar passar despercebida e ser esquecida.

Para que uma marca se torne mais visível a novos e potenciais clientes no seu mercado-alvo, é vital que tenha uma estratégia comercial única. Aumentar a visibilidade da marca, aumenta as hipóteses das pessoas se lembrarem de fazer uma encomenda ou de saberem mais sobre os seus produtos e serviços.

Ter o logótipo da marca impresso num envelope kraft, por exemplo, é um bom ponto de partida para esta se afirmar e garantir que os clientes conseguirão dizer de imediato que receberam uma correspondência da sua empresa.

2. Transformação digital

Em 2023 continuaremos a assistir a inovações e desenvolvimento de tecnologias como a realidade virtual, a realidade aumentada, a inteligência artificial, a internet das coisas (IoT), computação na nuvem, o 5G, a blockchain, o metaverso, entre outras.

Novas soluções de trabalho híbrido e remoto surgirão assentes nestas tecnologias, assim como a tomada de decisões empresariais e a automatização de trabalhos rotineiros e até mesmo criativos, recorrerão cada vez mais às novas tecnologias.

Isto leva-nos a refletir sobre a nossa capacidade de criarmos empresas inteligentes que executem tarefas menores e mundanas da forma mais eficiente possível. Para tal, é importante para as empresas se assegurarem de que incorporam a tecnologia certa ao longo dos seus processos e em todas as áreas de operações.

As novas tecnologias tornam mais acessível para qualquer negócio, a melhoria dos serviços de apoio ao cliente, um marketing mais eficaz, cadeias de fornecimento mais eficientes, produtos e serviços mais alinhados com as necessidades do cliente, etc.

3. Segurança das cadeias de abastecimento

Muitos negócios ainda estão atormentados por questões relacionadas com a segurança das suas cadeias de abastecimento. Como tal, é importante que em 2023, as empresas reúnam esforços para reduzirem a exposição à volatilidade dos preços de mercado das mercadorias, assim como para construírem medidas de proteção nas cadeias de abastecimento de forma a lidarem com o aumento dos custos logísticos e com a escassez.

4. Sustentabilidade

A crescente preocupação com as alterações climáticas, leva investidores e consumidores a preferirem empresas com credenciais ambientais e sociais adequadas.

No próximo ano, as empresas deverão assegurar que otimizam e desenvolvem soluções sustentáveis na sua cadeia de valor, começando por medir o impacto que a empresa tem no ambiente e na sociedade e aumentar a transparência dos seus processos.

Check Also

Uber Eats entrega na praia e procura a melhor salada deste Verão com o Vitaminas

Chegou o Verão e entre largas caminhadas na praia e mergulhos, o que sabe bem …