A-Derma reinventa o cuidado da pele fragilizada com Epitheliale A.H Ultra

A-Derma reinventou a sua oferta nos cuidados da pele frágil com Epitheliale A.H Ultra Creme Reparador Calmante Antimarcas, uma solução ultra adaptada com 94% de ingredientes de origem natural que substitui o Epitheliale A.H Duo.

A-Derma, a marca especializada em pele frágil, inventou em 2015 o seu primeiro creme de dupla eficácia, que promove uma reparação rápida da pele e ajuda a reduzir as marcas. Hoje, a marca vai ainda mais longe para ajudar a pele frágil, integrando uma ação calmante na fórmula, que já é conhecida pela sua eficácia reparadora e antimarcas.

Não importa a condição da pele, se ela tem pequenos cortes, tatuagens* ou efeitos de procedimentos dermatológicos superficiais (laser, peelings, crioterapia, etc.)

Epitheliale A.H Ultra creme pode ser aplicado diretamente na pele enfraquecida, até que esteja completamente reepidermizada para acelerar a reparação da pele e prevenir o aparecimento de marcas. Graças à sua ação nos recetores de sensações cutâneas desagradáveis, também ajuda a acalmar a pele do desconforto.

O produto foi projetado especificamente para fácil espalhamento e rápida absorção. Fluido e hidratante, está indicado em todos os tipos de pele danificada.

Os Laboratórios A-DERMA enriqueceram Epitheliale A.H Ultra com o extrato de liana do Perú calmante, mas não pararam por aí. A naturalidade da fórmula foi aumentada e tem agora 94% de ingredientes de origem natural.

O creme reparador calmante antimarcas Epitheliale A.H Ultra pode ser usado por toda a família, mesmo em crianças. Também pode ser aplicado em todo o rosto e corpo, bem como nas zonas íntimas externas.

Testado pós-peeling, pós-laser e em pele tatuada sem alterar a cor da tatuagem.

Check Also

Sugestões IF para o Verão

Para este verão, a IF dá as sugestões para os diversos momentos da temporada rica …

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.