Como é que a tecnologia vai influenciar o futuro do trabalho?

A digitalização, impulsionada pelos avanços da inteligência artificial, da robótica e da automação, está a transformar o panorama do emprego a um ritmo vertiginoso. As organizações devem concentrar-se em capacitar os seus empregados, garantindo que estão prontos para evoluir juntamente com as suas funções. Isto não é apenas uma necessidade, mas também uma oportunidade para promover o desenvolvimento tecnológico.

Para assinalar o Dia Internacional do Trabalhador, a 1 de maio, a SISQUAL, líder global em software de Workforce Management, identificou as tendências tecnológicas que irão moldar o futuro do trabalho.

  • Inteligência Artificial: rumo a uma maior eficiência e automatização. A IA tornou-se uma ferramenta inestimável para as empresas, graças à sua capacidade de automatizar tarefas de rotina e tomar decisões baseadas em dados com uma precisão e velocidade sem precedentes. Até 2026, mais de 80% das empresas terão utilizado a IA generativa ou implementado aplicações com IA em ambientes de produção, de acordo com a Gartner. A implementação de chatbots, assistentes virtuais e sistemas de aprendizagem automática permite que as organizações libertem os funcionários de cargas de trabalho repetitivas. Isto permite-lhes concentrarem-se em tarefas mais estratégicas e criativas, aumentando a eficiência operacional e promovendo a inovação na empresa.
  • Expansão da economia gig. A economia gig, caracterizada por freelancers que oferecem serviços numa base temporária e flexível, está a transformar o panorama do emprego, especialmente no domínio dos recursos humanos. Muitas empresas estão a começar a contratar talentos freelance para projectos específicos, reduzindo os custos fixos e obtendo acesso a competências especializadas. Este cenário exige novas estratégias de gestão para integrar os trabalhadores temporários de forma eficaz e ética. É crucial que as empresas implementem ferramentas como o Open Shifts, que permite aos empregadores publicar os turnos disponíveis para uma seleção de profissionais já registados, para otimizar a gestão da sua força de trabalho e oferecer flexibilidade tanto aos trabalhadores como à empresa. Ter a solução correta torna-se um elemento essencial da gestão estratégica e responsável da força de trabalho, permitindo que a empresa se adapte às mudanças do mercado sem diminuir a sua produtividade.
  • Melhorar o equilíbrio entre a vida profissional e a vida privada. No futuro, as empresas centrar-se-ão cada vez mais na promoção do equilíbrio entre a vida profissional e a vida privada através da utilização da tecnologia. Por exemplo, os sistemas de Workforce Management permitem aos trabalhadores gerir o seu horário de trabalho da forma mais conveniente. A partir dos seus dispositivos móveis, os trabalhadores podem pedir mudanças de turno, trocar turnos com colegas, marcar folgas ou pedir férias, tudo de forma rápida e fácil. A sua implementação não só melhora a produtividade e reduz o absentismo e a rotatividade, como também humaniza o emprego e melhora significativamente o ambiente de trabalho nas empresas.
  • Plataformas integradas de gestão da força de trabalho. As soluções de software de RH estão a evoluir para plataformas integradas que oferecem uma visão holística do trabalhador. Estas plataformas combinam diversas funções, como a gestão do desempenho, a aprendizagem e o desenvolvimento, os benefícios e o bem-estar, tudo num único local. Do mesmo modo, a utilização de ferramentas de marcação de ponto móveis ligadas à nuvem irá aumentar, permitindo a realização de uma variedade de tarefas de gestão a partir de qualquer local e dispositivo, facilitando o controlo do tempo de trabalho: permitem o envio de mensagens, notificações e alertas em tempo real, bem como a partilha de informações relevantes sobre projetos, tarefas e objetivos.
  • Análise de dados e People Analytics. Numa era em que o volume de dados disponíveis está a crescer exponencialmente, a capacidade de extrair informações sobre o comportamento e o desempenho dos colaboradores traduz-se numa vantagem competitiva significativa. As ferramentas de Forecast ajudam a fazer previsões, uma vez que graças à análise avançada de dados as empresas podem antecipar tendências, identificar padrões e tomar decisões estratégicas com base em provas concretas: desde a otimização dos processos de recrutamento, identificando os candidatos que melhor se adaptam à cultura e às necessidades da empresa, até à conceção de programas personalizados de retenção e desenvolvimento de talentos que não só aumentam a satisfação e a produtividade dos trabalhadores, como também contribuem para a retenção de talentos.

“Na SISQUAL® WFM, oferecemos soluções tecnológicas que não só aumentam a eficiência operacional, como também melhoram a qualidade de vida no trabalho e humanizam o emprego”, explica José Pedro Fernandes, Vice-Presidente da SISQUAL. “Estamos perfeitamente alinhados com as tendências emergentes no mundo do trabalho. Com as nossas ferramentas que permitem uma gestão ágil e responsável da força de trabalho, contribuímos significativamente para melhorar o clima laboral nas empresas, promovendo a flexibilidade, a colaboração e o bem-estar dos colaboradores”.

Check Also

José Mourinho é a estrela da campanha ‘Pede Quase Quase Tudo’ do Uber Eats Portugal

A campanha ‘Pede Quase Quase Tudo’ do Uber Eats Portugal já está no ar.  A …