Cursos da Escola de Arte Floral de Liboa apoiados pela Vic Properties começam hoje

Começam hoje os cursos de formação da Escola de Arte Floral do Prata, um projeto social do Prata Village e a Escola de Arte Floral de Lisboa.

Depois da vertente cultural que a VIC Properties, a promotora imobiliária apostou agora na área social com a Escola de Arte Floral do Prata a promover cursos e workshops com o objetivo de ajudar na formação de novos profissionais na arte do design floral, aumentar a empregabilidade dos participantes e fomentar o empreendedorismo, permitindo que os artistas atuem com liberdade e autonomia.

A florista Tatiana Vieira, fundadora da loja A Florista Lisboa e da Escola de Arte Floral de Lisboa, lidera a vertente criativa e formativa deste projeto. Com uma ampla experiência em arte floral em diversos países europeus e no Brasil, a florista brasileira vai trazer à Escola de Arte Floral do Prata alguns dos melhores artistas internacionais, para serem formadores, abrindo portas às mais recentes tendências e técnicas na arte do arranjo floral aos participantes. Para os dias 13, 14 e 15 de junho está já confirmada a presença de Keira Fleur, renomada artista floral da Coreia do Sul. Para além da sua ingressão no mundo floral, Tatiana Vieira possui também uma vasta experiência como empresária no Brasil e é reconhecida pelos seus notáveis esforços no âmbito social, tendo fundado o Instituto Tatiana Vieira, que proporcionou uma formação empreendedora a jovens que cresceram em zonas de grande vulnerabilidade social. Os cursos de formação da Escola de Arte Floral do Prata são certificados e estão divididos em três módulos – Essencial (24h/6 dias), Avançado (36h/9 dias) e Business (20h/5 dias), com início a 16 de janeiro de 2024. O preço dos cursos vai variar de acordo com o rendimento de cada candidato, sendo o restante valor suportado pelo Prata Riverside Village, enquanto mecenas do projeto.

“Este projeto inovador visa a formação de floristas amadores e profissionais, desde o ensino de conceitos e técnicas básicas para trabalhar com as flores até à habilitação para gerirem um negócio próprio de arte floral”, explica Tatiana Vieira. A designer floral acrescenta ainda que: “A capacidade de cada curso é de 10 alunos por turma e temos a expetativa de formar 20 turmas/ano entre os três módulos”.

Além da formação, o projeto prevê ainda a comercialização dos arranjos e flores ao público aos sábados, no Mercado de Flores do Prata, cujas receitas vão reverter a favor da manutenção e expansão futura do projeto.

“O Prata Riverside Village destaca-se também pela promoção de projetos sociais e culturais, e por isso orgulha-se da parceria estabelecida com a Tatiana e a Escola de Arte Floral de Lisboa através da inauguração da Escola de Arte Floral do Prata. Mais do que uma simples iniciativa educativa e de habilitação, esta colaboração reforça o compromisso do Prata com a reabilitação social e cultural de Marvila. A fusão da tradição floral com o empenho social do Prata e da Escola de Arte Floral representam, assim, um marco significativo no enriquecimento desta comunidade local”, refere Sandra Rodrigues, Diretora de Marketing da VIC Properties.

Os detalhes do projeto e as inscrições para os diferentes cursos e workshops podem ser feitas em: https://eafdoprata.pt/.

Check Also

Aproxima-se a 18ª edição do Somersby Out Jazz nos jardins de Oeiras

Caracterizado por ser um festival democrático e inclusivo, descontraído e simples, que fomenta a igualdade, …