Dicas Kärcher para manter as janelas limpas na primavera

As janelas enchem as casas de luz e tornam os ambientes mais harmoniosos, alegres e vivos. Podem mesmo ser consideradas os olhos da casa. Mas a sua manutenção e limpeza, quer exterior quer interior pode ser um verdadeiro desafio. Somos cada vez mais invadidos por fenómenos atmosféricos que deixam as janelas sujas, como o vento e a chuva ou em dias secos, com a presença de poeiras e pólenes. E se na casa vivem crianças ou animais, as superfícies internas também não duram muito tempo sem marcas e manchas.

Qual é a melhor altura para limpezas? Como manter as janelas limpas e sem riscos? Como limpar de forma rápida e conveniente? A Kärcher deixa algumas dicas para ajudar a fazer uma manutenção eficaz das janelas da casa.

A hora certa
Como é uma tarefa que poucos adoram, o timing de limpeza deve ser planeado com antecedência. Há previsão de chuva ou de poeiras? Então é melhor esperar mais um pouco para não ter de limpar novamente. Os dias quentes e secos no início de maio, logo quando os níveis de pólenes diminuem, são adequados para a primeira grande limpeza de primavera. Um dia sem luz solar direta é perfeito. Assim, a água de limpeza não evapora tão rapidamente e não deixa manchas ou riscos de água.

Molduras das janelas primeiro

A primeira limpeza a ser feita é nas caixilharias das janelas. Assim, se algumas gotas de água escorrerem sobre a moldura durante a limpeza, elas podem simplesmente ser limpas sem sujar. As caixilharias das janelas largas podem ser bem limpas com panos húmidos. É mais difícil quando a sujidade fica presa nas ranhuras, perfis e bordas estreitas. Aqui, por exemplo, a Kärcher pode ajudar com acessórios da Máquina de limpeza de janelas Window Vac. A escova pode ser usada para remover poeira em áreas de difícil acesso.

A técnica certa
Em muitos lares, as janelas são limpas com base em “receitas” tradicionais. Isso inclui, por exemplo, usar vinagre como elemento removedor de sujidade com ajuda de um jornal. Mas recomenda-se cautela. O vinagre prejudica a superfície das janelas de pedra, como é o caso do mármore. E a tinta do jornal pode deixar manchas desagradáveis nos caixilhos das janelas.

Os modelos Window Vac da Kärcher, sem fios, garantem uma limpeza completa, suave e sem riscos. A dosagem correta do detergente também é muito importante. Se for usado em excesso, ficarão resíduos formados no vidro e a sujidade vai voltar a aderir mais rapidamente. Para um resultado impecável, o vidro deve ser suficientemente humedecido para que a sujidade saia bem e o Window Vac aspire e deslize facilmente sobre a superfície. Na etapa seguinte, a água suja é aspirada diretamente com o aparelho e a superfície seca imediatamente. De tempos em tempos, sugere-se uma limpeza na borda de borracha do dispositivo com um pano. Isto remove pequenas partículas de poeira para evitar a formação de riscos nas limpezas futuras.

Um ajudante para a sujidade teimosa
Se a sujidade for mais persistente, por exemplo, pólen pegajoso, resíduos de insetos ou excrementos de pássaros em claraboias inclinadas, o limpa-vidros vibratório sem fios, como o Kärcher KV 4, facilita o trabalho. O limpa-vidros solta a sujidade através de fortes vibrações. Como a almofada de microfibra do dispositivo é automaticamente molhada com solução de limpeza somente quando entra em contato direto com a superfície, não há névoa de pulverização e as mãos e o chão permanecem secos.

Uso flexível: Limpe janelas altas e altas
Os modelos Window Vac podem ser usados para limpar diversas superfícies lisas, como espelhos, mesas de vidro ou fogões. O kit de extensão permite a sua utilização mesmo em janelas altas, para chegar às zonas onde a limpeza é mais difícil. Com ajuda da lança telescópica é ainda possível adaptar o ângulo de trabalho a superfícies de vidro inclinadas ou instaladas verticalmente.

Check Also

Dyson lança WashG1™ o primeiro aspirador da Dyson destinado ao pavimento molhado

A Dyson revela a sua mais recente tecnologia de cuidado de pavimentos, concebida para proporcionar …