FIA Lisboa celebra 25 anos a promover a cultura e o desenvolvimento regional

Há 25 anos a dar palco à tradição e identidade cultural das várias regiões de Portugal bem como a de dezenas de países dos quatro cantos do mundo, a FIA Lisboa reforça em 2013 a sua posição de maior feira do artesanato da Península Ibérica e segunda maior feira Europeia do sector, registando a presença de mais de 600 expositores, oriundos de cerca de 40 países.

A grande festa das culturas está prestes a começar na FIL. Ao longo dos seus 25 anos, a FIA Lisboa transformou-se numa simbiose perfeita entre os territórios, as tradições e os produtos endógenos, tornando-se num veículo ímpar e privilegiado para a sua divulgação, nomeadamente, do artesanato e gastronomia regionais, representantes das culturas dos Povos.

Na edição de 2013, ano em que a FIA Lisboa, organizada pela AIP – Feiras, Congressos e Eventos em colaboração com o IEFP, celebra 25 anos, o certame assume-se como uma plataforma de excelência para a promoção do desenvolvimento regional e das culturas locais, que formam a identidade etnológica nacional, por via do artesanato, gastronomia, atividades culturais, património e recursos naturais.

Miguel Comporta, director da FIA Lisboa, esclarece que ‘num mercado cada vez mais globalizado, a sustentabilidade da economia local está associada ao património material e imaterial e à produção e comércio de produtos genuínos de cada região, atraindo assim pessoas e, consequentemente, dinamizando o turismo local.’

Ao nível da oferta para visitantes a FIA Lisboa contará com uma área de exposição de 30.000 m2.

No Pavilhão 1 estão representadas todas as regiões do país, ilhas incluídas com o artesanato e os seus artesãos credenciados, o design, e a cultura que caracterizam a diversidade e singularidade da identidade portuguesa.

No Pavilhão 2 marcam presença expositores de países tão diversos como Alemanha, Cuba, Equador, França, Indonésia, Itália, Mali, Moçambique, Perú, Reino Unido, Senegal, Tunísia, Ucrânia, Zimbabwe, Brasil, China, Egipto, Espanha, Índia, Irão, Kosovo, Marrocos, Nepal, Polónia, Quénia, Ruanda, Tailândia, Turquia, Vietname, Japão, Suíça, entre outros.

O Pavilhão 3 terá uma área reservada à gastronomia regional e tradicional portuguesa, onde serão apresentados os mais característicos sabores da cozinha nacional, mas também à cozinha internacional, podendo os visitantes experimentar uma oferta gastronómica diversificada.

Nas participações internacionais o destaque vai para a presença de Cabo Verde como país convidado desta edição. No ano em que a população cabo-verdiana candidata a Morna a Património Imaterial da Humanidade, a Embaixada de Cabo-Verde e a AIP – Feiras, Congressos e Eventos unem-se para dar a conhecer os ritmos, as cores e os sabores de Cabo-Verde.

Dirigido a profissionais e apreciadores dos ofícios artesanais, artes e design, assim como aos interessados no artesanato enquanto manifestação cultural, na FIA Lisboa 2013 os visitantes terão a oportunidade de conhecer e comprar dos mais tradicionais aos mais originais e contemporâneos exemplos de artesanato nacional e internacional. O certame acolhe ainda uma multiplicidade de actividades culturais (música, dança, folclore, desfiles, workshops, seminários, entre outros) que prometem trazer animação, ritmo e cor à FIL.

Durante os 9 dias de certame os visitantes da FIA Lisboa 2013 terão ainda a oportunidade de ver ao vivo artesãos e artistas a criar peças únicas e, em alguns casos, terão a oportunidade de aprender algumas artes através da participação em workshops e experimentação de variadas técnicas de artesanato sob a supervisão de mestres artesãos.

A ‘Arte de Trabalhar e Entrelaçar Fibras Vegetais’ dão mote ao concurso e exposição que o Instituto do Emprego e Formação Profissional – IEFP, numa iniciativa bienal, organiza com o objectivo de distinguir artesãos portugueses pela capacidade e originalidade dos seus trabalhos. Dedicado a um subsector ameaçado pela concorrência de produtos similares importados e de baixo preço e carenciado de projectos de inovação que permitam a sua afirmação no mercado, o evento está aberto na modalidade de artesanato tradicional e contemporâneo.

Por seu lado, a AIP – Feiras, Congressos e Eventos distingue durante a realização da FIA Lisboa a Melhor Peça de Artesanato Tradicional e Contemporâneo. A iniciativa que decorre todos os anos por ocasião do salão pretende dinamizar o artesanato nacional.

Na edição de 2013, através de uma parceria estabelecida entre o IEFP e a AIP – Feiras Congressos e Eventos, 140 artesãos de todo o país contarão com condições especiais para a sua participação no certame.

Em 2012 a FIA Lisboa acolheu mais de 130 mil pessoas em 9 dias de feira. A diversidade de oferta dos expositores, as propostas artesanais aliadas ao design mais contemporâneo, as iniciativas multiculturais e a ampliação da área dedicada à gastronomia, contribuíram para o sucesso da FIA Lisboa 2012, certame que é já uma referência consagrada nas feiras do sector.

A FIA Lisboa 2013 decorrerá entre 6 e 14 de Julho na FIL, Parque das Nações.

Check Also

Barbie apresenta bonecas Fashionista Cega e Negra com Síndrome de Down 

Lançada como parte da linha global Barbie Fashionistas deste ano, a Barbie fez uma parceria …