RINGANA troca Black Friday por “upcycling”

No mês em que assinala a Black Friday, a RINGANA aposta no “upcycling”. Esta tendência começou na indústria da moda e estendeu-se à cosmética, sendo um passo importante para a sustentabilidade ambiental e para o aumento dos níveis de reciclagem. O “upcycling” é o processo de usar restos e desperdícios de outros materiais para os transformar em novos produtos de maior valor. No caso da RINGANA são usados desperdícios alimentares e eliminados os microplásticos. Como marca inovadora e ecologicamente responsável, a RINGANA faz parte da lista de marcas que não participam na Black Friday, apoiam a Green Friday e defendem o princípio dos 3Rs – Reduzir, Reutilizar e Reciclar.

“Upcycling é transformar resíduos em produtos novos com o objetivo de gerar menos efeitos poluentes. Para o setor da cosmética isto ocorre quando utilizamos matérias-primas funcionais recicladas, que são uma mais-valia para a pele e para o planeta”, diz Sabine Kitting-Muhr, da equipa de desenvolvimento da RINGANA.

O abandono dos microplásticos nos produtos cosméticos também reduz o impacto ambiental. “Os compostos plásticos continuam a ser uma prática corrente na indústria cosmética e, normalmente, estão escondidos de forma inteligente na declaração completa das substâncias. É incompreensível que estas substâncias continuem a fazer parte dos produtos cosméticos, uma vez que podem ser facilmente substituídas por alternativas à base de plantas sem perda de qualidade”, afirma Patrick Sonnleitner, especialista em sustentabilidade da RINGANA.

A estrela do upcycling em vários níveis: RINGANA FRESH scrub face & body

As partículas esfoliantes do RINGANA FRESH scrub face & body são obtidas a partir de resíduos de frutos, como framboesas e mirtilos. O primeiro “resíduo” é produzido quando a fruta inteira é prensada para fazer sumo. O que resta são sementes e grainhas que podem ser transformadas noutros produtos. É possível extrair óleo das sementes, que depois é seco e moído, dando origem a partículas esfoliantes naturais, permitindo uma limpeza completa e totalmente isenta de microplásticos, em sintonia com a filosofia da RINGANA.

“A produção de sumos e óleos de fruta gera frequentemente água que não deveria ir parar aos resíduos, mas que pode ser utilizada na indústria cosmética. Os extratos da pele de uva podem até ser utilizados para pintar o cabelo, afirma DI Sabine Kitting-Muhr. A equipa de desenvolvimento da RINGANA confirma ainda que “é possível obter cerca de 5kg de partículas esfoliantes a partir de 100.000 framboesas e cerca de 14kg a partir de 800.000 mirtilos”.

Os maiores benefícios ambientais desta transformação para produtos cosméticos passam por dar uma segunda ou terceira vida aos resíduos alimentares evitando ainda o uso de microplásticos.

O FRESH scrub face & body, com partículas esfoliantes transformadas à base de framboesa, mirtilo, alperce e romã, liberta a pele das células mortas e estimula a renovação cutânea. Desta forma, os princípios ativos revigorantes são particularmente bem absorvidos pela pele e tornam-na radiante e bonita. Em combinação com o hidrolato de laranja, o óleo de amêndoas e muitas outras substâncias eficazes, o FRESH scrub face & body proporciona à pele muita hidratação, deixando-a suave e macia.

Check Also

Encontra o teu glow deste verão com as novidades Benefit

A estação mais quente do ano chegou com uma novidade WHOA! A Benefit lança a …