Santini celebra 75 anos e revela os 3 ingredientes secretos: Fruta, fruta e fruta

Em 1943 Attilio Santini traz para Portugal o expertise e excelência dos gelados italianos já presente na família desde a geração do seu bisavô. Em 1949 abre a primeira loja na praia do Tamariz, no Estoril, local perfeito para representar a arte italiana “dolce fare niente” – a arte de nada fazer.

Ir ao Santini ao domingo rapidamente se tornou uma tradição. Um momento de família para saborear os melhores gelados 100% de fruta, sem corantes nem conservantes. Passados 75anos, com mais 12 lojas, a receita, tal como a tradição, mantém-se exatamente a mesma, intocável.

A qualidade dos ingredientes está acima de tudo: na exigência da escolha das frutas frescas, compradas maioritariamente a produtores locais, dos ingredientes naturais, sem adições de polpas, conservante ou corantes, mesmo que isso implique que alguns sabores só possam estar disponíveis sazonalmente.

A confiança da marca é demonstrada pela forma como abre as portas da fábrica para que possam ver o processo de produção dos gelados distribuindo-os frescos todos os dias. Este centro de produção é único e produz gelado para todas as lojas próprias do país. Desta forma, a marca Santini assegura que todos os critérios de qualidade são cumpridos, sem alterações nem modificações. A marca Santini conta com uma equipa fixa de 130 pessoas, reforçada com mais 30 colaboradores na época alta (meses de abril a agosto). Os visitantes podem acompanhar todo o processo começando pela chegada da matéria-prima, a lavagem, o descascar manual da fruta, a mistura da receita, e acabando com a colocação nos recipientes que são expedidos para as lojas. O cone é a única parte do gelado que não é feito nesta fábrica, mas a receita da bolacha é a mesma de 1949 e continuam a ser enrolados à mão, um a um.

São estes os processos que certificam a Santini como Geladaria Artesanal. Da forma cuidada como o gelado é desenvolvido aliado à inovação de sabores mantendo intactos os processos como a utilização da vagem original da baunilha. Segredos bem guardados pelas seis gerações Santini.

No ano em que celebra 75 anos, a Santini junta-se a uma marca icónica, também ela carregada de história e tradição, que celebra 140 anos. Bordallo Pinheiro, um proeminente artista português do século XIX, destacou-se pelas suas contribuições inovadoras no campo da cerâmica e do design. As suas peças são distintas e reconhecidas por traços de humor, sátira e observação da vida quotidiana, refletindo a essência da cultura portuguesa. Além de ceramista, Pinheiro foi um talentoso desenhista e caricaturista, deixando um legado que continua a inspirar artistas pelo mundo até aos dias de hoje.

Os copos temáticos da nova coleção Carmen, com relevos e cores alusivas a Morango, Limão, Uva e Laranja, são recheados de gelado do respetivo sabor e estarão disponíveis para venda em todas as lojas Santini até ao final do ano. Poderão ser adquiridos à unidade por 18€, ou por 16€ a unidade na compra de quatro.

O objetivo da marca é garantir que os próximos 75 anos serão a produzir os melhores gelados artesanais do mundo, chegando cada vez a mais pessoas com a mesma qualidade dos primeiros gelados Santini.

Check Also

Sumol entra no Verão com copo icónico by Alexandra Moura e sneakers com propósito da DiVERGE

Novas colaborações entre Sumol e artistas portugueses serão apresentadas no evento da marca que dá …