UNTIE II da Buzina, é um grito de emancipação

Em maio de 2022, a coleção SS22 da Buzina chega à loja online com 33 novas propostas, que são uma extensão daquilo que a criadora portuguesa Vera Fernandes apresentou na Modalisboa. Com um conceito inspirado em Diana Spencer, UNTIE II é um grito de emancipação em homenagem às mulheres livres.

Para a Buzina, 2022 é sobre quebrar o protocolo. É sobre as mulheres que seguem as suas próprias regras, que agitam as águas, que enfrentam o patriarcado.

Depois de apresentar em março deste ano UNTIE na ModaLisboa, a marca portuguesa lança a 22 de maio na loja online UNTIE II, uma extensão da coleção que quer desatar os nós que nos prendem e amarram; que nos desafia a romper com as normas para libertarmos o que se esconde atrás delas: quem realmente somos.

No processo criativo das duas partes de UNTIE, Vera Fernandes, criadora da marca portuguesa, retirou inspiração do espírito de Diana Spencer, a princesa rebelde que se libertou das amarras da casa real britânica, que nunca se conformou com as suas regras antiquadas, que se recusou a viver uma vida enquadrada em protocolos. Existe uma coisa que não pode ser comprada nem com todas as libras de ouro do mundo: a liberdade. Para vestirmos o que quisermos, beijarmos quem quisermos, fecharmos as portas pesadas de um palácio sem olharmos para trás e corrermos em direção ao nosso destino.

As 33 peças de UNTIE II materializam-se em calças, vestidos, tops, casacos, macacões e chapéus. Laranjas, roxos, bege, preto e cereja pintam esta reinterpretação do estilo icónico de Diana durante a década de 80, confecionada em tecidos toscos e pesados, característicos da era por excelência do oversized e dos exageros – sem esquecer o incontornável tafetá, que já é um dos símbolos da Buzina. A este, juntam-se principalmente sedas naturais e viscose. Os chapéus com que Diana decorava a franja mais icónica da história foram recuperados e trazidos para a atualidade com uma nova estética.

A rebelião de Diana mantém-se viva. Ecoa no espírito das mulheres livres, empoderadas. São elas que inspiram Vera Fernandes desde os primórdios da Buzina. Nas duas partes de UNTIE, a princesa surge como um símbolo feminino que trocou as tiaras carregadas de diamantes pelos chapéus cheios de pinta.

Check Also

Coleção de óculos de sol Florence by Mills, da atriz Millie Bobby Brown, estreia-se em Portugal, em exclusivo na ótica da Wells

A partir de agora é possível encontrar à venda em Portugal e em exclusivo na …