Vale da Rosa lança embalagem grab & go a pensar na hotelaria e restauração

Em vez de pedir uma sobremesa num restaurante, por que não pedir uvas Vale da Rosa? É essa a proposta da mais recente inovação apresentada ao mercado pelo reconhecido produtor nacional de uva de mesa de Ferreira do Alentejo, que decidiu aliar a doçura inconfundível das suas uvas ao formato de uma taça de gelado e transformar o seu produto estrela numa verdadeira sobremesa para toda a família.

O resultado é uma embalagem grab & go, com 100 gramas de uvas sem grainha, que estará disponível a partir deste verão em restaurantes e hotéis, assinalando a entrada da marca no canal Horeca.
Com o objetivo de reduzir ao mínimo o índice de plástico, a Vale da Rosa lança esta nova embalagem Paper Cup, que vem ampliar a sua gama de produtos, dando resposta a um número crescente de consumidores que procuram soluções práticas e saudáveis de alimentação fora de casa, para momentos de consumo como a sobremesa e lanches.

O investimento no canal Horeca é um dos objetivos traçados pela empresa de Ferreira do Alentejo para 2024, dando seguimento à sua estratégia de diversificação de produto e, simultaneamente, de reafirmação e consolidação dos valores da marca na procura de novas soluções de packaging produzidas com materiais eco friendly.

Prático e inovador, o formato Paper Cup, testado no último ano, posiciona a marca como opção de sobremesa ou como um snack saudável, através de um design de embalagem pensado para aliar conveniência e atratividade para o cliente da restauração e hotelaria.

“A doçura das uvas Vale da Rosa merece ser saboreada em momentos premium, daí termos tido esta ideia de criar uma embalagem individual para ser comercializada em restaurantes e hotéis. Conseguimos uma embalagem que tem tanto de prática como de elegante, pensada para satisfazer clientes exigentes, que em momentos como estes habitualmente consomem, por exemplo, cerejas”, explica António Silvestre Ferreira, administrador da Vale da Rosa, assegurando que “as uvas produzidas na herdade, por não terem grainha e pelo seu sabor ímpar, têm naturalmente um lugar a ocupar nesse segmento já que são um snack perfeito e saudável”.

Esta proposta reforça o investimento em inovação, sem esquecer o compromisso da marca com a preservação ambiental e sustentabilidade, apostando numa embalagem à base de cartão e com uma tampa de plástico 100% reciclável.

Check Also

Em 2024, A Padaria Portuguesa já doou 200 toneladas de alimentos

No âmbito do Dia Mundial da Gastronomia Sustentável, que se assinala a 18 de junho, …