Dia Internacional da Mulher: 50% dos cargos de gestão na RINGANA são assumidos por mulheres

Cerca de 50% dos cargos de gestão da RINGANA, marca austríaca de beleza e cosmética vegana e sustentável, já são ocupados por mulheres. A proporção de mulheres a trabalhar para a marca, no final do ano de 2023, era de 70%.
“Acreditamos que todos merecem as mesmas oportunidades, independentemente do género, origem ou outras características. É por isso que investimos sistematicamente numa política de igualdade, desde o processo de recrutamento até à remuneração”, afirma Ulla Wannemacher, co-fundadora da RINGANA. “Todos os nossos colaboradores, sejam homens ou mulheres, recebem o mesmo salário pelo mesmo trabalho, porque a justiça e a transparência não são negociáveis para nós”.

Há 27 anos que a RINGANA é conhecida por produtos revolucionários pelo seu espectro de ingredientes ativos da natureza. A gama de produtos tem sido continuamente desenvolvida, acompanhando sempre os últimos resultados da investigação e as necessidades dos consumidores. Essa é a razão pela qual a investigação e o desenvolvimento assumem funções estratégicas na empresa de cosméticos.
“O nosso departamento de Investigação e Desenvolvimento é predominantemente ocupado por mulheres, que atualmente assumem 100% dos cargos de liderança relacionados com a investigação”, afirma Andreas Wilfinger, CEO da RINGANA. “Temos muito orgulho no caminho que temos construído no âmbito da igualdade de oportunidades”.

Mulheres na investigação: ainda raras, mas líderes na RINGANA
Segundo os dados da União Europeia, há um desequilíbrio entre homens e mulheres a ocupar cargos de gestão nas áreas de investigação e desenvolvimento. Para contrariar estas tendências, a RINGANA, desde a sua fundação, reconhece o seu papel ao nível da responsabilidade social corporativa.

“Na RINGANA temos a oportunidade de ser criativos, experimentar e desenvolver produtos novos e de alta qualidade para que possamos ter o melhor impacto na vida das pessoas”, afirma Carola Schuhmacher, Responsável sénior pela área de desenvolvimento de produtos cosméticos da marca. “A minha ambição é que mais meninas e mulheres estejam ativamente envolvidas na ciência, assumindo a liderança de projetos, investigações e empresas”.
A empresa de cosméticos vegana e sustentável tem previsto um crescimento de vendas de 10% em 2024, motivado pela força de trabalho e pela expertise das mulheres que compõem as equipas da RINGANA.

Além da igualdade de oportunidades, os colaboradores reveem-se nos valores da marca e defendem tratar-se ser um espaço democrático e onde há margem para aprender de forma contínua. “Revejo-me nos valores da RINGANA e aqui tenho a possibilidade de aprofundar conhecimentos diariamente”, afirma Lisa-Maria Mullner, responsável pelo departamento de desenvolvimento de suplementos da RINGANA. “Para o futuro, espero que a diversidade de conhecimentos que as mulheres trazem para a ciência seja ainda mais apreciada e estimulada, sem estereótipos”.

Check Also

Encontra o teu glow deste verão com as novidades Benefit

A estação mais quente do ano chegou com uma novidade WHOA! A Benefit lança a …