Percevejos em Portugal: microbiólogo da Dyson explica como os combater

O que começou por ser um problema no metro de Paris, nos comboios e até em salas de cinema em França já está a causar preocupação em várias cidades europeias. No território português, os primeiros relatos da praga de percevejos vêm de Guimarães. Trata-se de um problema que pode ser bastante persistente e é importante conhecê-lo e saber como prevenir.

Os percevejos são pequenos insetos, normalmente encontrados em mobiliário ou na roupa de cama. Alimentam-se de sangue durante a noite e as suas picadas podem provocar comichão e irritação. São visíveis, medindo em média cerca de 5 mm de comprimento. Dennis Mathews, Lead Research Scientist in Microbiology na Dyson, oferece quatro recomendações para prevenir o aparecimento de percevejos e manter um ambiente doméstico limpo e saudável:

  • Ter cuidado com a roupa ao chegar a casa: É possível que os percevejos viagem connosco, com a nossa roupa ou com a nossa bagagem de um lugar para o outro. É importante garantir que, ao chegar a casa, não colocamos as nossas malas, sacos e roupa diretamente em cima do sofá ou da cama. Se recear ter percevejos na roupa, verifique-a atentamente, sacuda-a vigorosamente e coloque-a na máquina de lavar o mais depressa possível, guardando-a num saco de plástico selado até lá.
  • Lavar a roupa da cama: Lavar os lençóis e os cobertores com uma temperatura de 60°C ou 90°C ajuda a decompor e a reduzir os alergénios e a matar os seres vivos nocivos. Recomenda-se que se lave e mude a roupa de cama uma vez por semana para remover os pedaços microscópicos de pele morta e manter o pó e os alergénios afastados.
  • Aspirar o colchão: É importante aspirar o colchão regularmente ao longo do ano. Outras pragas como os ácaros podem viver nos nossos colchões – podem ser microscópicos em tamanho, mas são persistentes. A utilização de um aspirador com um modo de alta potência ou Boost, como o Dyson Gen5detect, proporcionará a sucção necessária para remover o maior número de partículas possível. É também importante que o aspirador que utiliza tenha um sistema de filtragem totalmente selado para evitar que os alergénios ou detritos sejam expelidos de volta enquanto limpa. Poderá também fazer sentido a utilização de um protetor de colchão que será mais fácil de lavar.
  • Concentração em áreas de difícil acesso: Prestar atenção a quaisquer fendas ou dobras onde o pó e os alergénios se possam acumular. Para limpar à volta da margem do colchão, utilizar um acessório para zonas estreitas para remover qualquer pó escondido. Não esquecer também a parte de baixo da cama, uma vez que os ácaros se desenvolvem em áreas escuras, quentes e húmidas, com muitos flocos de pele que muitas vezes não são removidos.

    Dennis Mathews reforça que “os percevejos se propagam muito rapidamente e que deve estar atento a sinais como manchas de sangue na cama, exoesqueletos ou pequenos detritos castanhos (as suas fezes)”, bem como “um cheiro doce ou a mofo também pode ser sinal de infestação”.

Check Also

Porta-mangueira Gardena para parede agora com uma bateria powerroll XL e XXL

O conforto na hora da rega é essencial, é por isso que os novos Porta-Mangueiras …