Bragança: programas em família para as férias

As férias de verão estão a chegar e ainda não planeou os dias em família? Bragança, um dos principais destinos de turismo de natureza de Portugal, tem várias sugestões para uns dias com a família e amigos. Apresentamos sete razões para ir a Bragança nestas férias.

Festival D’Onor | 21 e 23 de julho, Rio de Onor

Rio de Onor (Bragança – Portugal) e Riohonor de Castilla (Zamora – Espanha) recebem a 5.a edição do Festival D’ONOR de 21 a 23 de julho. O festival promete ser uma celebração que transcende fronteiras e une Portugal e Espanha através da música, da dança e de renovadas tradições.

Este ano, além dos habituais concertos (onde “Virgem Suta” é cabeça de cartaz), o Festival D’ONOR traz nova vida a um cancioneiro com 70 anos (“Cantigas D’ONOR”), um open call para instrumentistas e amadores de todas as origens musicais (“Baile do Gaiteiro – Jam Session”). O festival não esquecei as “Tasquinhas”, “Restaurante” e um “Mercado Tradicional”, para degustar a gastronomia local e conhecer o artesanato e os produtos típicos da região.

A entrada é grátis e o campismo gratuito.

LOMBADA – Festival de Música e Tradição – 28 a 30 de julho

Para celebrar a tradição de outros tempos, a aldeia de Palácios, organiza anualmente o LOMBADA – Festival de Música e Tradição. Este ano a iniciativa recria trabalhos agrícolas que outrora se realizavam de forma manual, trajes tradicionais, música e a gastronomia realiza-se de 28 a 30 de julho.

Neste evento, recria-se o ciclo do pão, desde a ceifa (a segada manual) – com todos os rituais associados, nomeadamente, as cantigas, trajes e brincadeiras; a malha tradicional e, por fim, o fabrico de pão em fornos tradicionais. A gastronomia é um ponto alto do festival, onde se viaja pelos sabores de antigamente através do almoço comunitário com a ementa tradicional da segada.

Os participantes são desafiados a aprender as artes do campo através de workshops tradicionais e no final podem eternizar a memória destes dias com a aquisição de artesanato e de produtos da terra. Animação não vai faltar. Realizam-se vários concertos de música tradicional e o 23.º Encontro de Gaiteiros e Tocadores do Nordeste.

Festa da História – 14 a 17 de agosto

Em Agosto, Bragança organiza uma nova edição da Festa da História, com o magnífico cenário das muralhas, da cidadela e da torre de menagem do imponente Castelo de Bragança. A edição deste ano decorre de 14 a 17 de agosto e apresenta um Grande Torneio para a escolha do futuro consorte da princesa, sobrinha do alcaide do Castelo de Bragança. Inspirado na Lenda da Princesa, será um torneio enquadrado no final o século XIV e início do século XV.

Com atividades pensadas para todas as idades, o Castelo de Bragança, acolhe ainda outras atividades: música, teatro, dança, histórias para crianças e graúdos, marionetas, artes circenses, esgrima medieval, oficinas de tecelagem, demonstrações de falcoaria e, claro, não faltará o bobo e o cortejo oficial, com diversas personagens para enriquecer a experiência do visitante. A entrada é livre e a animação está garantida.

Festa de Verão – 5 de Agosto

Verão e férias: a combinação perfeita para aproveitar os dias longos sem olhar ao relógio. Se a isto juntar uma festa ou romaria com música tem um programa organizado e um ponto de encontro perfeito para reunir a família e os amigos.

No primeiro fim de semana de Agosto, dia 5, Bragança reúne milhares de pessoas na “Festa Verão Bragança”, considerada a noite mais longa e quente do ano, onde a música de diferentes estilos, distribuída por palcos localizados nas ruas do Centro Histórico, proporcionam um ambiente de grande animação.

Exposição MIRA PINHOLE PHOTOGRAPHY – até 9 de setembro 2023

O Centro de Fotografia Georges Dussaud, em Bragança, propõe uma viagem pela arte da fotografia pinhole através da exposição “Imagens Periféricas”.

Para miúdos e graúdos, até dia 9 de setembro, a mostra apresenta fotografias pinhole com origens em diversas partes do mundo. Uma experiência única, que celebra a arte desta técnica fotográfica histórica e que leva a viajar para uma realidade em que se esquecem as técnicas mais modernas de fotografia e se desafia a criatividade.

A entrada é gratuita.

Conhecer o Centro de Arte Contemporânea Graça Morais

Exposição “Homenagem a António Mega Ferreira – Linhas da Terra/Os Olhos Azuis do Mar” – até 30 de setembro

O Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, em Bragança, apresenta até 30 de setembro a exposição “Homenagem a António Mega Ferreira – Linhas da Terra/Os Olhos Azuis do Mar”. Trata-se de uma homenagem da pintora a António Mega Ferreira, onde recorda uma amizade com quase 40 anos.

A exposição pode ser visitada no Centro de Arte Contemporânea Graça Morais, de terça-feira a domingo, das 10h00 às 18h30, até ao dia 30 de setembro.

Ar livre: percursos pedestres – todo o ano

Visitar Bragança significa obrigatoriamente desfrutar da natureza, seja através de um momento de simples contemplação ou mesmo com um passeio mais demorado pelo Parque Natural de Montesinho. Bragança tem vários percursos sinalizados para agradáveis passeios a pé, de bicicleta ou a cavalo para toda a família e que permitem contactar com a rica biodiversidade e viver momentos inesquecíveis.

Com os dias mais longos, aproveite para escolher um percurso com passagem por uma aldeia para que possa, também, conhecer as gentes de Bragança.

O Percurso 11 – O Lado Português de Rio de Onor, com início à entrada da aldeia de Rio de Onor, junto ao Parque de Campismo Rural de Rio de Onor, é uma ótima sugestão. Ao percorrer as ruas da aldeia, aproveite para visitar a Igreja Matriz de Rio de Onor, a ponte que atravessa o rio Onor (datada do séc. XIX), a Forja e o Forno Comunitário ou um dos moinhos instalados na margem do rio. A aldeia foi eleita, em 2017, uma das Sete Maravilhas de Portugal.

Check Also

Pendular celebra nova parceria para  projecto Surf Park Óbidos

Vai nascer em Óbidos um parque temático sobre surf, que inclui aldeamento turístico de quatro …